Matérias

Gasolina ou etanol? Para veículos flex misturar ambos não faz diferença

Escrito por Portal ONSV

21 NOV 2016 - 12H22

"etanol-gasolina660"

Fabricantes aconselham circular com o veículo pelo menos 10 minutos após substituição do combustível

Um veículo motor flex pode apresentar algum problema quando depois de longo período sendo abastecido somente com um combustível for abastecido com outro? Essa dúvida ainda persiste entre muitos proprietários de veículos bicombustíveis, mesmo a entrada deles no mercado tendo ocorrido há mais de uma década.

Esse estranhamento não ocorre de fato, uma vez que foram desenvolvidos exatamente para aceitarem combustíveis variáveis, ou seja: o sistema se encarrega de identificar o que vai no tanque, e de fazer os ajustes nos parâmetros necessários (quantidade de combustível injetado, ângulo de ignição, rotação de marcha lenta, etc). Apesar disso, alguns fabricantes recomendam que o veículo circule pelo menos 10 minutos após a substituição de um combustível por outro, e antes de desligar o veículo, para que o sistema possa fazer a leitura e o reconhecimento.

Outra dúvida que pode persistir entre diversos proprietários de veículos flex é a impossibilidade de o mesmo tanque conter gasolina e álcool. Isso também não é verdade. Etanol ou gasolina, ou ainda a mistura dos dois no mesmo tanque não acarreta qualquer problema ao veículo.

Há, ainda, um terceiro questionamento envolvendo os flex: se quando abastecido com etanol, em dias frios o veículo custa mais ‘a pegar’. Na verdade, como qualquer veículo movido a álcool, a partida é dificultada em dias frios, porque o funcionamento do motor com etanol a frio é dificultado porque o álcool tem menor volatilidade que a gasolina e isso dificulta a formação da mistura ar-combustível.

Atualmente os modelos mais novos de veículos flex adotam sistema que pré-aquecem o etanol. Essa tecnologia veio substituir o tanque auxiliar dos modelos mais antigos, que permitia ao sistema a injeção de um pouco de gasolina, que facilitava a partida enquanto a temperatura do álcool não estivesse adequada.

Diferentemente do que alguns proprietários de veículos bicombustíveis possam ainda pensar, para fazê-los funcionar sem problemas não é também necessário fazer rodízio do combustível. Isso porque o motor é projetado para funcionar com qualquer proporção entre gasolina e álcool.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Observador_certificado_nomeado_secretario_municipal_mobilidade_urbana_paco_lumiar_ma
Observadores Certificados

Observador Certificado é nomeado secretário Municipal de Mobilidade Urbana do município de Paço do Lumiar/MA

A edição de 03 de junho, do Diário Oficial de Paço Lumiar, no Maranhão, publicou o decreto a nomeação do Observador Certificado Fábio Fernandes Alves para o cargo de secretário municipal de Mobilidade Urbana do município. Essa nomeação auxiliará na implementação e desenvolvimento de ações de segurança viária e mobilidade em Paço Lumiar, Região Metropolitana de São Luís.

Observador_Certificado_ministra_palestra_em_workshop_do_ministerio_publico_minas_gerais
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra em workshop realizado pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), uma Entidade Laço Amarelo, por meio de sua Diretoria de Gestão de Frota (DGET), realizou no final do mês de maio o Seminário “Transportando Vidas no Maio Amarelo”. O evento que ocorreu no Salão Vermelho do MPMG, em Belo Horizonte, contou com a participação do Observador Certificado e representante do Movimento Maio Amarelo em Minas Gerais, Alexander Magalhães.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.