Matérias

LW Tecnologia agora é uma Empresa Laço Amarelo

Escrito por Portal ONSV

17 DEZ 2020 - 11H10

A LW Tecnologia é a mais nova empresa a fazer parte do programa Empresa Laço Amarelo. Preocupando-se com a segurança no trânsito, ao lado do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, a empresa defende a educação e a conscientização para um trânsito mais prudente.

Graças a essa iniciativa, a LW Tecnologia, empresa que inova ao utilizar a tecnologia a serviço da mobilidade, com o propósito de ser uma solução para que as empresas de transportes tenham autonomia e reduzam o custo em infrações recebida. Agora, possui acesso a todo o conteúdo, estudos e pesquisas sobre o trânsito, além do direito de utilizar a marca Laço Amarelo em seus produtos.

O programa Laço Amarelo é uma iniciativa do OBSERVATÓRIO, que busca, em parceria com empresas, entidades e municípios, combater os altos índices de sinistros de trânsito, por meio de programas e propostas que eduquem e conscientizem a população para a melhoria do trânsito brasileiro.

Saiba como participar: http://lacoamarelo.org.br/index.php/quero-aderir/

Univasf_recebe_comite_regional_prevencao_acidentes_moto
Observadores Certificados

Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco/PE recebe Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto

O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco (HU-Univasf), em Pernambuco, recebeu, no final de maio, a visita de um grupo de membros do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) e representantes do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e do Observatório de Segurança Pública do Município de Petrolina. O objetivo foi mostrar in loco, a partir dos fluxos de atendimentos e internações no Hospital, as repercussões dos sinistros de transporte terrestre para a saúde pública. O HU-Univasf é um dos 45 hospitais gerenciados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

SP2_330_pessoas_morreram_atropeladas_na_capital_de_sao_paulo_em_2023
Matérias

330 pessoas morreram atropeladas na capital de São Paulo em 2023

O SP2, telejornal da TV Globo, da última quinta-feira (13), alertou sobre o crescente risco no trânsito para os pedestres na capital e Grande São Paulo. Somente em 2023, 330 pessoas morreram atropeladas na capital paulista. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, reforçou a necessidade de investimento em campanhas de educação para o trânsito durante a reportagem.

Observador_certificado_ministra_palestra_camara_de_vereadores_de_sao_borja_rs
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra sobre segurança viária na Câmara de Vereadores de São Borja/RS

A palestra “Trânsito (in)seguro: Responsabilidades Compartilhadas”, foi ministrada no plenário da Câmara de Vereadores do município de São Borja, no Rio Grande do Sul, pelo Observador Certificado e representante do Maio Amarelo 2024, Eduardo Cadore, no final do mês de maio.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.