Matérias

Ministério da Infraestrutura abre a Semana Nacional de Trânsito

Escrito por Portal ONSV

18 SET 2020 - 12H05

O evento foi na sede do Ministério em Brasília e transmitido pelo YouTube

Com o intuito de promover ações de conscientização, começa hoje a Semana Nacional de Trânsito em todo país. Para marcar a data, foi realizada hoje (18) em Brasília, a cerimônia de abertura da Semana. Estiveram presentes o secretário executivo da Minfra Marcelo Sampaio, o secretário Nacional de Transportes Terrestres, Marcello da Costa, o diretor geral do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) Frederico Carneiro e outras autoridades do Minfra.

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária a convite do Ministério esteve presente, por meio do diretor presidente, José Aurelio Ramalho, o relações institucionais, Francisco Garonce e a gestora de Comunicação, Daniela Gurgel, juntamente com outras entidades convidadas como a ABDER (Associação Brasileira dos DERs), da AND (Associação Nacional dos Detrans), a PRF (Polícia Rodoviária Federal), entre outras.

Na oportunidade, o secretário executivo pode expor os dados da mobilidade do país, como o número de mortes – cerca de 30 mil ao ano -, 100 milhões de condutores habilitados, 85 milhões de veículos e apontou os desafios de alcançar as metas propostas pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2011 para que todos os países pudessem trabalhar a redução de 50% no número total de mortes.

O secretário Nacional, Marcello da Costa, pôde pontuar todos os esforços e parcerias que estão sendo realizadas pelo Governo na busca da cultura da segurança viária no país. Chefiando a delegação brasileira em Estocolmo/Suécia, quando da realização da 3ª Conferência Ministerial de Segurança Viária em fevereiro de 2020, o secretário pôde fazer um apanhado de todas as novidades apresentadas nas reuniões dentro da Conferência, como as novas tecnologias automotivas, como as boas práticas de conscientização para um trânsito seguro para todos e a definição da ONU para que a busca pela redução de mortes no trânsito continue na próxima década.

Em seguida, o diretor geral do Denatran realizou uma apresentação do órgão e expôs o trabalho que está sendo realizado pelo Departamento, inclusive a promoção de serviços online nesse tempo de pandemia mundial.

O diretor presidente do OBSERVATÓRIO também pôde apresentar o trabalho realizado ao longo desse ano e aproveitou a oportunidade para lançar o livro: “Análise do Desempenho do Brasil na Década de Ação pela Segurança no Trânsito – 2011/2020”, escrito pelo OBSERVATÓRIO, em parceria com a UFPR (Universidade Federal do Paraná), com apoio da Honda.

“Essa é a contribuição do OBSERVATÓRIO para que o Brasil alcance a tão sonhada cultura da segurança viária. Desde a 1ª Conferência sobre esse importante tema, em Moscou, em 2009, buscamos abranger toda a sociedade alertando a importância de todos se conscientizarem sobre suas responsabilidades no trânsito e hoje coroamos esse trabalho com o lançamento desse estudo. Sabemos que, somente toda sociedade consciente, pode mudar a atual realidade do país no que tange a violência no trânsito”, afirmou Ramalho.

A Semana Nacional de Trânsito é definida pelo CTB (Código de Trânsito Brasileiro) e todos os anos, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) define um tema. Em 2020, o tema da Semana é “Perceba o Risco. Proteja a vida”, o mesmo adotado pelo Movimento Maio Amarelo 2020. A Semana deve ser o momento em que todos os órgãos que compõem o Sistema Nacional de Trânsito, devem promover ações de conscientização no trânsito envolvendo toda sociedade e se encerra no próximo dia 25/09.

Durante a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica, foi ressaltada a importância da parceria entre OBSERVATÓRIO e Ministério da Infraestrutura para a segurança viária do país. Pela implementação na capacitação, estudo, ensaios, testes e análises técnicas na área de segurança viária, com a aplicação de novas tecnologias, troca de informações e realização de pesquisa técnica, com o único objetivo de reduzir o número de mortes e lesões no trânsito do Brasil.

Não pôde assistir?

Acompanhe aqui: https://youtu.be/YLDTcN0jnT8

[vc_row css_animation="" row_type="row" use_row_as_full_screen_section="no" type="full_width" angled_section="no" text_align="left" background_image_as_pattern="without_pattern"][vc_column][vc_gallery interval="3" images="25570,25571,25572,25573,25574,25575,25576" img_size="full"][/vc_column][/vc_row]

[video width="848" height="480" mp4="https://www.onsv.org.br/wp-content/uploads/2020/09/WhatsApp-Video-2020-09-18-at-11.21.46.mp4"][/video]

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.