Matérias

OBSERVATÓRIO avalia mudança aprovada no Código de Trânsito Brasileiro em diversos veículos da imprensa nacional

Escrito por Portal ONSV

25 SET 2020 - 15H00

Durante a Semana Nacional de Trânsito, foi aprovada pela Câmara dos Deputados, na última terça-feira (22), parte das emendas feitas pelo Senado ao Projeto de Lei 3267/19, que altera o CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Para avaliar essas mudanças, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária foi procurado por diversos veículos da imprensa nacional.

CBN Cotidiano

Em entrevista à CBN Cotidiano de Vitória/ES, na quarta-feira (23), o coordenador do Núcleo Jurídico do OBSERVATÓRIO, Sérgio Carvalho, avaliou os possíveis impactos práticos que essas mudanças podem trazer ao trânsito brasileiro.

“A Câmara na data de ontem, aprovou essas alterações e agora, encaminha para sancionar a lei. Claro que o presidente, no poder discriminado a ele, ainda poderá vetar algumas mudanças, então, ainda não está nada em definitivo, considerando que o Congresso aprovou, mas o presidente da república ainda pode criar vetos”, explicou Sérgio.

Sobre a atual formação dos condutores, Sérgio comenta: “O processo de formação de condutores é obsoleto, ultrapassado, inadequado e de certa parte, desculpe a agressividade, é medíocre. Se você pegar a formatação, a culpa não é do centro de formação dos condutores que são as antigas autoescolas, é sistemática, o conteúdo programático determina o que as autoescolas façam e, é uma vergonha”, disse.

BandNews TV

Com participação no BandNews TV, o relações institucionais do OBSERVATÓRIO, Francisco Garonce, falou sobre as mudanças no CTB. Segundo Garonce, foram muitos pontos discutidos desde o ano passado e que sofreram grandes alterações, consideradas positivas.

Uma dessas alterações, apoiada pelo OBSERVATÓRIO desde o início, é sobre os condutores responsáveis por homicídios ou lesões graves no trânsito e que estavam conduzindo sob efeito de álcool ou outras substâncias entorpecentes. Nesse caso, não poderão mais substituir as penas restritivas de liberdade por penas alternativas, ou seja, por doações de cestas básicas.

“Isso é para acabar com a sensação de impunidade daqueles que causam mortes no trânsito. Essa alteração no Código é muito positiva para que a sociedade acabe com essa percepção que existe de que cometer crimes no trânsito não tem punição grave. Essa é uma mensagem que eu acho que é muito forte e importante para que aqueles que ainda estão pensando se vão ou não conduzir corretamente, se vão ou não respeitar o próximo, se ele não está preocupado com o próximo, que ele pelo menos, se preocupe com ele mesmo. Porque agora, realmente, as lesões e mortes no trânsito em que o condutor estiver sob efeito de álcool ou drogas, será condenado e irá cumprir a punição sem a possibilidade dessas penas alternativas”, argumentou Garonce.

Bastidores do Poder

Durante o programa Bastidores do Poder, da Rádio Bandeirantes, Garonce comentou sobre a proposta do Governo Federal em retirar a obrigatoriedade do exame toxicológico aos condutores profissionais das categorias C, D e E, na primeira habilitação ou renovação da CNH. Atualmente esse exame é obrigatório.

“Uma grande reclamação que há por parte principalmente dos caminhoneiros, assim, não que sejam contra o exame toxicológico, até porque eles se sentem protegidos e a grande maioria deles não faz uso de drogas, então, isso faz com que eles se protejam de quem descumpre a regra”, explicou Garonce.

BandNews FM

Sobre a atualização do Código de Trânsito Brasileiro pelo Congresso Nacional, Garonce disse que houve um aprimoramento do Projeto de Lei e que muito do que segue para sanção presidencial é o oposto do que havia sido proposto inicialmente.

“O Congresso nada mais é do que a representação do povo e nós vimos aí, ele trabalhando para ter um resultado final desse Projeto de Lei bem melhor que aquele apresentado originalmente no ano passado”, explicou.

O texto segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro e, se aprovado, as regras entram em vigor em até 180 dias após serem publicadas no Diário Oficial da União.

Ouça a participação de Sérgio Carvalho na CBN: https://www.cbnvitoria.com.br/cbn_vitoria/entrevistas/2020/09/entenda-qual-o-impacto-na-mudanca-aprovada-no-codigo-de-transito-1014205865.html

Assista ao trecho da BandNews com participação de Francisco Garonce: https://www.youtube.com/watch?v=INAE6milGHU

Assista ao Bastidores do Poder, da Rede Bandeirantes completo em: https://www.youtube.com/watch?v=-W3_CS1DRQs

Ouça ao trecho do BandNews FM com participação de Garonce:

[audio mp3="https://www.onsv.org.br/wp-content/uploads/2020/09/Garonce_BandNews.mp3"][/audio]

Serie_transitando_qual_a_sua_contribuicao_para_um_transito_seguro
Matérias

Série Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?

O telejornal Meio-Dia Paraná, da RPC, afiliada à TV Globo, realizou na última semana uma série com cinco reportagens sobre comportamento no trânsito. “Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?”, contou com a participação do professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, explicando questões relacionadas ao comportamento das pessoas e influências diretas no trânsito.

Observatorio_participa_segunda_edicao_esg_energia_negocios_ibp
Matérias

OBSERVATÓRIO participa da 2ª Edição do ESG Energia e Negócios do IBP

Com o objetivo de colaborar para que a sociedade avance em direção a um futuro energético de baixo carbono, o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) realiza a 2ª edição do “ESG Energia e Negócios” nos dias 27 e 28 de maio, em Copacabana, no Rio de Janeiro. O presidente do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, participou da abertura do evento, falando dos atuais números do trânsito no Brasil, dos avanços do Movimento Maio Amarelo e do Programa Laço Amarelo. Além disso, Ramalho também entregou a placa de Mantenedor Social ao IBP durante o encontro que reúne cerca de 500 pessoas.

Observadora_Certificada_ministra_palestra_durante_seminario_programa_vida_no_transito
Observadores Certificados

Observadora Certifica ministra palestra durante Seminário do Programa Vida no Trânsito

A Observadora Certificada e representante do Maio Amarelo em Goiás, Elizabeth Gandara, ministrou uma palestra sobre o Movimento Maio Amarelo no dia 15 de maio, durante o Seminário do Programa Vida no Trânsito, realizado no auditório do Paço Municipal do município de Senador Canedo, no estado de Goiás.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.