Matérias

OBSERVATÓRIO e DENATRAN firmam acordo de cooperação técnica

Escrito por Portal ONSV

17 ABR 2017 - 14H43

Documento que formaliza a parceria será assinado nesta terça-feira, 18 de abril, em Brasília

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e o Ministério das Cidades, por meio do Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN firmam acordo de cooperação técnica na área de Educação para o Trânsito, visando contribuir para a redução de acidentes viários no Brasil. O documento que formaliza a parceria será assinado em Brasília nesta terça-feira, 18 de abril, pelo diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, José Aurelio Ramalho, e pelo diretor do DENATRAN, Elmer Coelho Vicenzi.

Pelo acordo, caberá ao OBSERVATÓRIO a produção e o fornecimento de conteúdos técnicos destinados às ações de Educação para o Trânsito, com o tema “Minha escolha faz a diferença”, cedendo o direito de uso, de forma não exclusiva, para livre e gratuita distribuição e utilização, em formato eletrônico ou físico pelo DENATRAN, incluindo o encaminhamento do material para os órgãos que compõem o Sistema Nacional de Trânsito - SNT.

Os conteúdos serão desenvolvidos pelo OBSERVATÓRIO ao longo de todo o ano, variando de acordo com o tema definido pela Resolução 654/17, do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN, para cada um dos meses.

Fica sob a responsabilidade da entidade, ainda, realizar, de forma contínua e com fundamento técnico, campanhas e ações educativas de Educação para o Trânsito, com produção de conteúdos para a sociedade e, além disso, fornecer os materiais técnicos para subsidiar as políticas públicas de Educação para o Trânsito do DENATRAN. O OBSERVATÓRIO se obriga, ainda, a estabelecer, em conjunto com o DENATRAN, indicadores de resultados para as ações desenvolvidas e cronograma das ações previstas no plano de trabalho.

Diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, Ramalho classifica como significativamente importante a parceria. “Para nós é um orgulho sermos parceiros do DENATRAN na causa da Educação para o Trânsito. O OBSERVATÓRIO vem atuando fortemente neste segmento, inclusive, com a proposta de mudança de currículo para formação de condutores no Brasil, que está sendo avaliada pela Comissão Temática de Educação para o Trânsito e Cidadania, do CONTRAN”, explica.

E acrescenta: “temos também um projeto para alunos do 1º ao 9º ano das escolas de ensino fundamental, já encaminhado para o CONTRAN”, lembrando, ainda, da expertise do OBSERVATÓRIO em relação ao tema, inclusive com a elaboração de campanhas e mobilização visando a segurança viária como, por exemplo, o Movimento Maio Amarelo.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.