Matérias

OBSERVATÓRIO fala ao AUTOPAPO sobre desafios para diminuição de mortes no trânsito no país

Escrito por Portal ONSV

12 FEV 2020 - 09H00

A cidade alemã de Lüdenscheid (com cerca de 74 mil habitantes), conseguiu manter o índice de zero mortes no trânsito em sete anos consecutivos, de 2012 a 2018. Graças a esse feito, recebeu recentemente o prêmio Dekra Vision Zero, durante um evento anual que acontece em Bruxelas, na Bélgica. O portal AUTOPAPO conversou com o diretor de relações institucionais do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Francisco Garonce, sobre os desafios que o Brasil enfrenta para alcançar essa meta.

O desafio da ONU para a redução das mortes no trânsito em 50% na década 2011-2020, no Brasil, tem como destaque a cidade de Salvador (BA), local onde aconteceu o II Fórum Vida no Trânsito. No encontro, o OBSERVATÓRIO revelou as ações práticas que desenvolve e contribui para a segurança viária, além de destacar as atividades desenvolvidas em 2020, e apresentar o Programa Educa através do diretor de relações institucionais, Francisco Garonce.

“É através dele que vamos conseguir mudar não só o comportamento, mas principalmente a atitude das pessoas, o que só se faz através de processos educativos, em que os indivíduos não deixam de cumprir a lei para não serem punidos, mas porque internalizam o entendimento de que a atitude segura no trânsito existe para proteger o indivíduo, a sociedade e a convivência harmônica”, avalia, Garonce.

Garonce informa que o OBSERVATÓRIO dá assessoramento aos municípios que tiverem interesse efetivo em participar do Programa Vida no Trânsito.

“E trabalhando junto ao Ministério da Saúde para fazer com que as regras sejam esclarecidas e colocadas de forma tal que os municípios participem, porque o que se investe em educação, ações de engenharia e de fiscalização na área de trânsito se reverte em uma economia muito maior, principalmente nas despesas relacionadas a internações e a tratamentos decorrentes dos eventos de trânsito”, encerra.

Mais de mil cidades atingiram o objetivo do Vision Zero, segundo Stefan Kölbl, CEO da Dekra: “O que comprova ser possível eliminar mortes no trânsito e que os esforços para isso devem continuar, pois qualquer fatalidade do gênero é inaceitável”, diz.

Através do mapa interativo do mundo, é possível acompanhar on-line (https://www.dekra-vision-zero.com/map/) as cidades com mais de 50 mil habitantes que atingiram zero mortes no trânsito em pelo menos um ano a partir de 2009.

Leia a matéria completa em: https://autopapo.com.br/noticia/zerar-mortes-transito-cidades/

CCRSPVias_reforca_acoes_de_conscientizacao_durante_maio_amarelo
Matérias

CCR SPVias reforça ações de conscientização sobre trânsito seguro neste Maio Amarelo

Como parte da programação da CCR Rodovias neste Maio Amarelo – mês dedicado à conscientização sobre a importância da redução dos sinistros de trânsito, a CCR SPVias, responsável pela administração das principais rodovias do Sudoeste Paulista, realizará ao longo deste mês, diversas ações com o objetivo de sensibilizar os públicos que utilizam as rodovias, como motoristas, motociclistas, pedestres, caminhoneiros, sobre a importância da adoção do comportamento seguro.

Observador_certificado_apresenta_maio_amarelo_na_rede_minas_tv
Observadores Certificados

Observador Certificado apresenta o Maio Amarelo na Rede Minas TV

O programa Brasil das Gerais, da Rede Minas TV – rede de TV pública sediada em Belo Horizonte, Minas Gerais, apresentou aos seus telespectadores a campanha do Movimento Maio Amarelo, que desde 2014 busca conscientizar a população de mais de 30 países sobre as mortes no trânsito. O Observador Certificado Ronaro Ferreira representou o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária na edição da quinta-feira (09), falando sobre o tema e os principais fatores para o aumento dos sinistros de trânsito.

Grande_Sao_Paulo_registra_serie_de_sinistros_de_transito_com_vitimas
Matérias

Grande São Paulo registra série de sinistros de trânsito com vítimas fatais

A CBN São Paulo alertou na última segunda-feira (13), para a série de sinistros de trânsito com vítimas fatais registrados na Grande São Paulo, desde sexta-feira (10). Para explicar sobre como reduzir as mortes e conscientizar as pessoas, a reportagem consultou o head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.