Matérias

OBSERVATÓRIO fala ao programa Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, sobre os recentes sinistros de trânsito no País e a segurança das rodovias

Escrito por Portal ONSV

07 DEZ 2020 - 12H11

O diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, falou sobre a sequência de sinistros de trânsito, o primeiro, envolvendo um ônibus e um caminhão no interior de São Paulo e o segundo, com a queda de um ônibus de um viaduto, em Minas Gerais, ao programa Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, no último sábado (05/12).

Ramalho pontuou a questão de segurança das rodovias e a falta de condição do viaduto em João Monlevade (MG), local onde ocorreu o sinistro que culminou com a morte de 19 pessoas, na última sexta-feira (04/12). Conforme explicou: “Um simples sonorizador, aquele que faz barulho quando você passa com o pneu em cima, na borda, já evitaria uma saída de pista, mas o certo é termos a defensa em alturas como essa. Essa tecnologia chama-se Rodovias que Perdoam. Por quê? Se houver uma falha mecânica, uma falha do motorista, ele não precisa pagar com a vida pela falha que cometeu”, falou.

Sobre a segurança da rodovia relacionada ao caso da colisão entre um ônibus e um caminhão em Taguaí (SP), que matou 42 pessoas, no final de novembro, Ramalho enfatizou a necessidade em investimentos adequados em engenharia, pavimentação, sinalização e equipamentos de segurança viária.

Segundo Ramalho: “Existem tecnologias de baixo investimento que dão um alto retorno em salvar vidas e reduzir gastos para a sociedade[...] O que vamos economizar em dez anos pela previdência, 70% ou 80% nós vamos gastar com acidentes de trânsito. O acidente de trânsito é uma grande pandemia que ninguém toca”, comentou.

Além desses fatores imprescindíveis, o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO enfatizou à necessidade do investimento em educação para o trânsito para que toda a sociedade esteja preparada para o trânsito. “Se todos nós respeitarmos os limites de velocidade, não usarmos o celular, não beber e dirigir. É tão simples e depende de cada um. Nós vamos reduzir esse número de acidentes trágicos de uma maneira significativa”, finalizou.

Assista ao programa completo em:

[vc_row css_animation="" row_type="row" use_row_as_full_screen_section="no" type="full_width" angled_section="no" text_align="left" background_image_as_pattern="without_pattern"][vc_column][vc_video link="https://youtu.be/MmZ6Wg3oeMI"][/vc_column][/vc_row]

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Observador_certificado_nomeado_secretario_municipal_mobilidade_urbana_paco_lumiar_ma
Observadores Certificados

Observador Certificado é nomeado secretário Municipal de Mobilidade Urbana do município de Paço do Lumiar/MA

A edição de 03 de junho, do Diário Oficial de Paço Lumiar, no Maranhão, publicou o decreto a nomeação do Observador Certificado Fábio Fernandes Alves para o cargo de secretário municipal de Mobilidade Urbana do município. Essa nomeação auxiliará na implementação e desenvolvimento de ações de segurança viária e mobilidade em Paço Lumiar, Região Metropolitana de São Luís.

Observador_Certificado_ministra_palestra_em_workshop_do_ministerio_publico_minas_gerais
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra em workshop realizado pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), uma Entidade Laço Amarelo, por meio de sua Diretoria de Gestão de Frota (DGET), realizou no final do mês de maio o Seminário “Transportando Vidas no Maio Amarelo”. O evento que ocorreu no Salão Vermelho do MPMG, em Belo Horizonte, contou com a participação do Observador Certificado e representante do Movimento Maio Amarelo em Minas Gerais, Alexander Magalhães.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.