Matérias

Observatório lança Programa de Apoio à gestão do trânsito para cidades

Escrito por Portal ONSV

09 ABR 2015 - 16H31

"Observatório

Foi lançado nesta quinta, dia 9, em Brasília, o Programa de Apoio à Gestão do Trânsito Municipal, desenvolvido pelo ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária). Todo detalhamento do Programa foi feito pelo diretor-presidente do Observatório, José Aurelio Ramalho, durante participação na mesa “As cidades e a Década de Ação pela Segurança no Trânsito da ONU - resultados e desafios, no III EMDS (Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável) que acontece em Brasília desde o dia 7 e termina hoje.

Dentro do processo de incentivo à municipalização do trânsito, o Programa garantirá às cidades duas importantes ferramentas para as ações e planejamento da gestão no trânsito com o objetivo de reduzir acidentes e salvar vidas no trânsito: SOMA e ÍRIS. Ambas foram desenvolvidas pelo próprio Observatório e permitirão o monitoramento das ocorrências e a partir do diagnóstico e análise dos dados, as cidades poderão atuar com mais efetividade na segurança viária.

O SOMA é um sistema de Observação, Monitoramento e Ação para uso interno das prefeituras. Um programa de gestão de dados que reúne informações de órgãos privados como o DPVAT, por exemplo. Já o ÍRIS é um portal de dados aberto a todo internauta e que traz estatísticas de órgãos públicos como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e DataSus (Ministério da Saúde) com o intuito de socializar as informações para todas as camadas da população. Hoje, parte desses dados já estão disponíveis no site do Observatório no link: www.onsv.org.br/portaldados.

As duas ferramentas poderão potencializar as políticas e ações dos gestores do trânsito, sobretudo, os municipalizados. Hoje, 74% das cidades brasileiras ainda não têm a gestão municipalizada do trânsito, destacou Ramalho.

Toda essa enorme base de dados, organizada e centralizada, poderá subsidiar as ações voltadas para a Engenharia, Operação e Fiscalização do trânsito. O programa ainda prevê apoio a implantação das Escolas Públicas de Trânsito (prevista no CTB, o Código de Trânsito Brasileiro) para a formação de condutores e instrutores, Educação para o Trânsito para as escolas de Ensino Fundamental e conteúdos destinados à sociedade como cursos on-line (à distância), vídeos educacionais, mobilização como a do Movimento Maio Amarelo, disponibilização de materiais multimídia educativos para a educação e formação da cultura da segurança viária dos cidadãos.

"726-01428601081"

Além do lançamento, Ramalho fez uma breve apresentação da atuação do Observatório, que trabalha em prol da segurança viária com foco em quatro eixos: Estudos e Pesquisa, Dados e Informações, Educação e Advocacy – trabalho jurídico que visa influenciar tecnicamente decisões de ordem pública nos âmbitos político, econômico e institucional.

Participaram da mesa de debates, na qual aconteceu o lançamento do programa os  palestrantes Luis Carlos Mantovani Nespoli, superintendente da ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos); Paulo Carvalho, especialista em Transportes do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Os debates foram mediados pelo moderador Carlos Tomé, secretário de Mobilidade do Governo do Distrito Federal.

O lançamento aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, que fica no SDC Eixo Monumental - Lote 05, Brasília (DF).

"726-21428601081"

 

 

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.