Matérias

OBSERVATÓRIO participa de Encontro dos Conselhos de Trânsito

Escrito por Portal ONSV

22 MAR 2017 - 12H31

Diretor-presidente da entidade, José Aurelio Ramalho, apresenta no evento o Programa Laço Amarelo

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária participa do IV Encontro Nacional dos Conselhos de Trânsito, que está sendo realizado até esta quinta-feira, 23 de março, em Florianópolis/SC pelo FOCOTRAN (Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Trânsito). O encontro discutirá temas relevantes para o SNT (Sistema Nacional de Trânsito) e contará com a participação de representantes de importantes órgãos do setor.

Entre os temas a serem debatidos constam A Importância dos Conselhos Estaduais,  Planejamento Estratégico para os Conselhos Estaduais, além de outros. Haverá discussões também sobre revisão e aperfeiçoamento de resoluções inerentes ao setor e a apresentação do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

No encontro, José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, apresenta aos participantes o Programa Município Laço Amarelo, criado pela entidade como forma de reconhecer boas ações e permitir que empresas e governos colaborem ainda mais com projetos estruturados na busca por um trânsito mais seguro.

O programa é aberto a empresas e municípios que passarão, após a adesão, a ter o direito de utilização da marca Laço Amarelo nos canais de comunicação e produtos, etc. Terão, além disso, reconhecimento por meio de um certificado e acesso a todo acervo de pesquisas, estudos e materiais do OBSERVATÓRIO, além de peças mensais de comunicação, seguindo a determinação da Resolução 654/2017 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

A adesão permite também que a marca ou o município parceiros sejam divulgados no site e nas mídias sociais do OBSERVATÓRIO e do Maio Amarelo, além de diversos órgãos de imprensa nacional e internacional. E, ainda, convite para participação em eventos promovidos pela entidade. Serão disponibilizados aos parceiros, também, conteúdos e materiais de comunicação relacionados à segurança viária. Municípios que aderirem terão, ainda, acesso ao SOMA (Sistema de Observação, Monitoramento e Ação) para georreferenciar os acidentes locais e dessa forma desenvolver políticas pontuais onde há efetivamente maior concentração de ocorrências.

[gallery size="large" columns="2" link="file" ids="16427,16428"]

Webinar_lei_seca
Webinar

WEBINAR LEI SECA: A EVOLUÇÃO DOS MEIOS DE COMPROVAÇÃO DA ALCOOLEMIA E A MODIFICAÇÃO DE COMPORTAMENTO

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária realizou hoje (27), às 10h, o Webinar “Lei Seca: A evolução dos meios de comprovação da alcoolemia e a modificação do comportamento". O encontro teve a mediação do head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO, Pedro Borges, e como convidados, os Observadores Certificados, Arthur Magalhães – autor do projeto - e Samuel Morgan.

Programa_Observador_Certificado_Delcides_Araujo
Observadores Certificados

OBSERVADOR CERTIFICADO: PROGRAMA VISA EVOLUÇÃO DAS POLÍTICAS DE SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Criado e promovido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, o programa Observador Certificado visa estimular o aprimoramento de profissionais que já atuam na área, facilitando o acesso a informações, recursos e ferramentas para as melhores práticas de segurança viária e veicular em suas cidades e região. O Observador Certificado Delcides Araújo, de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, ressalta os desafios e relevância desses profissionais para promover a cultura da segurança viária no município.

Radares_em_Campinas_SP
Observadores Certificados

A PEDIDO DE MORADORES, PREFEITURA DE CAMPINAS/SP INSTALA MAIS RADARES NA CIDADE

A manchete do portal “A Cidade On – Campinas” de ontem (23), destacou que, se opondo à ideia amplamente disseminada de que radares compõem a indústria da multa, os moradores de Campinas, no interior de São Paulo, registraram de janeiro a outubro deste ano mais pedidos de instalação de radares na cidade, quando comparado ao ano de 2022. O Observador Certificado Edson Caetano foi consultado pela reportagem para comentar a eficiência desse equipamento de fiscalização.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto