Matérias

OBSERVATÓRIO participa em Salvador de Congresso da AND

Escrito por Portal ONSV

25 ABR 2017 - 14H08

Diretor-presidente da entidade participa da mesa sobre tecnologia nas campanhas educativas

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária participa nesta quarta e quinta-feira, dias 26 e 27 de abril, do II Congresso Brasileiro da Associação dos Denatrans (AND), que será realizado em Salvador na Bahia.

O congresso tem como tema, “Tecnologia na Área de Trânsito e Cidades do Futuro”. No evento, o OBSERVATÓRIO será representado por seu diretor-presidente, José Aurelio Ramalho.

Nos dois dias o evento contará com debates incluindo prefeituras, organizações não governamentais e empresários do setor. Entre os temas previstos, estão os desafios da gestão urbana moderna; os conceitos dos carros inteligentes; princípios de e-gov e m-gov, ferramentas de business intelligence e banco de dados na área de trânsito.

Além deles, monitoramento eletrônico de veículos; tecnologia nas campanhas educativas para redução de acidentes e os aplicativos e redes sociais que têm impacto direto na área.

Ramalho participará da mesa Tecnologia nas campanhas educativas de trânsito: novos desafios e possibilidades, marcada para ocorrer às 11h do dia 27, quinta-feira. Em sua participação ele apresentará aos participantes o Programa Município/Empresa Laço Amarelo, criado pela entidade como forma de reconhecer boas ações e permitir que empresas e governos colaborem ainda mais com projetos estruturados na busca por um trânsito mais seguro.

O programa é aberto a empresas e municípios que passarão, após a adesão, a ter o direito de utilização da marca Laço Amarelo nos canais de comunicação e produtos, etc. Terão, além disso, reconhecimento por meio de um certificado e acesso a todo acervo de pesquisas, estudos e materiais do OBSERVATÓRIO, além de peças mensais de comunicação, seguindo a determinação da Resolução 654/2017 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

A adesão permite também que a marca ou o município parceiros sejam divulgados no site e nas mídias sociais do OBSERVATÓRIO e do Maio Amarelo, além de diversos órgãos de imprensa nacional e internacional. E, ainda, convite para participação em eventos promovidos pela entidade. Serão disponibilizados aos parceiros, também, conteúdos e materiais de comunicação relacionados à segurança viária. Municípios que aderirem terão, ainda, acesso ao SOMA (Sistema de Observação, Monitoramento e Ação) para georreferenciar os acidentes locais e dessa forma desenvolver políticas pontuais onde há efetivamente maior concentração de ocorrências.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.