Matérias

ONSV discute revisão do processo de formação de condutores com sindicatos

Escrito por Portal ONSV

03 NOV 2016 - 09H21

"sind-fotos"

Apresentação da proposta foi feita em reunião com Sindicato das Auto Moto Escolas de São Paulo e com o SindiCFCRS

 Em mais uma da série de reuniões que tem realizado com o segmento, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária - ONSV apresentou nesta terça-feira, 1 de novembro, sua proposta de Nova Formação do Condutor a representantes do Sindicato das Auto Moto Escolas e CFCs no Estado de São Paulo e do SindiCFCRS (Sindicato dos Centros de Formação de Condutores).

A proposta de trabalho de revisão do atual processo de formação de condutores de veículos foi elaborada pela equipe de especialistas do OBSERVATÓRIO, com contribuições de setores relacionados ao tema, e está sendo submetida à validação de entidades e representantes de setores que atuam na formação de instrutores e de condutores. Após esta fase, será levada à audiência pública prevista para o dia 8 de dezembro, em Brasília.

O diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, José Aurelio Ramalho, lembrou na abertura da reunião desta terça-feira, a importância de revisão na formação do condutor, que é consenso de todos, considerando necessidades indicadas em outros fóruns e indicadores. Destacou, ainda, que o objetivo do encontro, além de apresentar a proposta, é ter as contribuições dos presentes  a fim de validar uma proposta, ‘construída a muitas mãos”.

Ressaltou, também, que a missão do OBSERVATÓRIO é ser agente catalisador dessas demandas, produzindo conhecimento técnico relacionado ao tema e dialogando com as áreas impactadas com as propostas de mudança.

Representando o Sindicato das Auto Moto Escolas e CFCs no Estado de São Paulo, José Guedes Pereira, avaliou que o OBSERVATÓRIO está no caminho certo e que espera estar sempre entre envolvidos no processo para a reformulação da formação do condutor. Integrante do mesmo sindicato, Aladri Onofre Leite parabenizou o OBSERVATÓRIO pelo trabalho e pela competência de sua equipe. Como ele, Magnelson Carlos de Sousa considerou que o ONSV está cumprindo seu papel e que sua imagem deve se fortalecer como parceiro, destacando também a competência e o comprometimento de sua equipe.

Em nome do SindiCFCRs, Edson Luis da Cunha parabenizou o ONSV pelo trabalho e se colocou à disposição para contribuir com ele.

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.