Matérias

POR UMA FROTA SEGURA & SUSTENTÁVEL

Escrito por Portal ONSV

02 JUL 2020 - 08H58

Benéfico para a saúde, economia, geração de empregos e arrecadação, estes são alguns dos benefícios de veículos mais seguros.

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária trabalha incansavelmente, há quase 10 anos, desenvolvendo ações para salvar vidas no trânsito. Pensando em envolver toda a sociedade, ao máximo, os técnicos do OBSERVATÓRIO desenvolvem ações nos três fatores fundamentais: o humano, a via e o veículo.

O fator humano é voltado para que haja mais conscientização sobre as responsabilidades no trânsito e para isso é necessário trabalhar toda a sociedade. Ao longo do tempo, o OBSERVATÓRIO já realizou várias ações dentro do fator humano, como o Programa EDUCA – série de livros para o ensino fundamental; o estudo da nova formação do condutor, entregue em 2017 para o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), culminando com uma nova resolução sobre o tema e; o movimento Maio Amarelo que este ano chegou à sua sétima edição, conscientizando a sociedade da importância e responsabilidades de um comportamento seguro no trânsito.

No fator via, foi realizado em 2019, o Seminário Mobilidade Humana, Segura e Sustentável “Rodovias que perdoam” que terá um desdobramento ainda no 2º semestre desse ano.

E no fator veículo, o OBSERVATÓRIO lança hoje o Programa Frota Segura & Sustentável, que tem como premissa, tornar os veículos circulantes no Brasil mais seguro em todos os quesitos. Um dos primeiros quesitos é identificar qual a idade da atual frota de mais de 100 milhões de veículos por todo país. Com essa informação, vamos propor ações que envolvam, não só a iniciativa privada, mas também o poder público para que possamos ter veículos mais seguros no país.

Leia a pesquisa completa:

[vc_row css_animation="" row_type="row" use_row_as_full_screen_section="no" type="full_width" angled_section="no" text_align="left" background_image_as_pattern="without_pattern"][vc_column][vc_raw_html]JTNDaWZyYW1lJTIwc3JjJTNEJTIyaHR0cHMlM0ElMkYlMkZjZG4uZmxpcHNuYWNrLmNvbSUyRndpZGdldCUyRnYyJTJGd2lkZ2V0Lmh0bWwlM0ZoYXNoJTNEemNtNnBudWd2dSUyMiUyMHdpZHRoJTNEJTIyMTAwJTI1JTIyJTIwaGVpZ2h0JTNEJTIyNDgwJTIyJTIwc2VhbWxlc3MlM0QlMjJzZWFtbGVzcyUyMiUyMHNjcm9sbGluZyUzRCUyMm5vJTIyJTIwZnJhbWVCb3JkZXIlM0QlMjIwJTIyJTIwYWxsb3dGdWxsU2NyZWVuJTNFJTNDJTJGaWZyYW1lJTNF[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row]

Univasf_recebe_comite_regional_prevencao_acidentes_moto
Observadores Certificados

Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco/PE recebe Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto

O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco (HU-Univasf), em Pernambuco, recebeu, no final de maio, a visita de um grupo de membros do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) e representantes do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e do Observatório de Segurança Pública do Município de Petrolina. O objetivo foi mostrar in loco, a partir dos fluxos de atendimentos e internações no Hospital, as repercussões dos sinistros de transporte terrestre para a saúde pública. O HU-Univasf é um dos 45 hospitais gerenciados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

SP2_330_pessoas_morreram_atropeladas_na_capital_de_sao_paulo_em_2023
Matérias

330 pessoas morreram atropeladas na capital de São Paulo em 2023

O SP2, telejornal da TV Globo, da última quinta-feira (13), alertou sobre o crescente risco no trânsito para os pedestres na capital e Grande São Paulo. Somente em 2023, 330 pessoas morreram atropeladas na capital paulista. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, reforçou a necessidade de investimento em campanhas de educação para o trânsito durante a reportagem.

Observador_certificado_ministra_palestra_camara_de_vereadores_de_sao_borja_rs
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra sobre segurança viária na Câmara de Vereadores de São Borja/RS

A palestra “Trânsito (in)seguro: Responsabilidades Compartilhadas”, foi ministrada no plenário da Câmara de Vereadores do município de São Borja, no Rio Grande do Sul, pelo Observador Certificado e representante do Maio Amarelo 2024, Eduardo Cadore, no final do mês de maio.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.