Matérias

Presidente do SEDERSP alerta para os riscos do cerol

Escrito por Portal ONSV

20 JUL 2015 - 10H05

Pipas no ar: atenção redobrada a todos os motociclistas

Poucos sabem, mas as pipas coloridas que enchem o céu de cores, conhecidas também como pandorgas, raias, papagaios e quadrados, já serviram como sinalizador em ação militar, há cerca de três mil anos, na China Antiga.

Mesmo diante de milênios de distância, esses pedaços de papel de seda, sustentados por pequenas varas e rabiolas, ainda sinalizam perigo no ar, não pelas razões de outrora, mas por desatino de muitos, que persistem inserir um acessório contemporâneo, que é uma arma, chamada cerol (mistura de cola com vidro moído).

Passado na linha para cortar outras pipas, o cerol se transforma em verdadeira guilhotina e pode acabar com a vida de muitos inocentes numa fração de segundos, sendo as maiores vítimas motociclistas, ciclistas e pedestres.

Outro grande vilão, causador de mortes instantâneas, é a linha chilena, composta por substâncias químicas que, comparado ao cerol, ampliam quatro vezes o poder de corte.

A ameaça aumenta no período de férias escolares, já que as maiores incidências ocorrem entre janeiro e julho. Portanto, as atenções devem ser redobradas, principalmente para quem pilota sobre duas rodas, seja na capital paulista, no interior, enfim, onde quer que esteja, numa rodovia, avenida movimentada ou até mesmo em uma rua tranquila, já que a maldita linha não “escolhe” onde vai cair.

Além de causar danos irreparáveis às pessoas, esse passatempo, realizado de modo irresponsável, pode provocar também o desligamento da rede de energia, acarretando outros prejuízos à população.

Embora existam em São Paulo leis que proíbem a fabricação, comercialização e o uso desse misto, é comum se deparar com alguém cometendo essas infrações, seja na venda ou no ato de empinar as raias com o produto cortante.

Diante dos fatos, toda a sociedade precisa estar atenta, denunciar e cobrar uma maior fiscalização do poder público. Pais devem conscientizar seus filhos a não utilizar esses elementos e os agentes fiscais e policiais precisam agir urgentemente com muito mais rigor.

Ao setor de motofrete, vale ressaltar que o Código de Trânsito Brasileiro incluiu, por meio da Resolução Contran 356, o uso obrigatório da antena aparadora nas motocicletas, bem como o artigo 8º da Lei 12009/2009, que também estabeleceu essa obrigatoriedade como parte dos requisitos de segurança. Sendo assim, cabe a todos nós, cidadãos em geral, empresários e funcionários do setor motofretista o cumprimento da legislação e aos órgãos competentes, a fiscalização.

*Fernando Souza é presidente do SEDERSP (Sindicato das Empresas de Distribuição de Entregas Rápidas do Estado de SP)

Observadores_certificados_tomam_posse_cetran_mg
Observadores Certificados

Observadores Certificados tomam posse junto ao Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais

No dia 23 de abril, foi realizada a posse dos novos membros do Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Cetran-MG). Na ocasião foram empossados como conselheiros os Observadores Certificados Alexander Ferreira de Magalhães e Kenedy Santos Pereira. A cerimônia ocorreu no Palácio Tiradentes na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, e contou com a presença da Secretária de Estado e Planejamento e Gestão, Luísa Cardoso Barreto, presidente do colegiado, do Chefe da Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG), antigo Detran-MG, Lucas Vilas Boas Pacheco, conselheiros empossados e integrantes da equipe administrativa do colegiado.

Observatorio_debate_sobre_desafios_perspectivas_seguranca_viaria_encontro_esg
Matérias

OBSERVATÓRIO debate sobre desafios e perspectivas da Segurança Viária em Encontro ESG

Com o objetivo de fomentar práticas mais sustentáveis, responsáveis, éticas e alinhadas aos valores do ESG (Ambiental, Social e Governança) no setor, o Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) realizou nos dias 05 e 06 de junho, o Encontro ESG: Desafios e Oportunidades no Transporte de Cargas, durante a Jornada de Sustentabilidade. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, esteve entre os debatedores do Painel Segurança Viária ou do Trabalho desafios e perspectivas.

tv_globo_bahia_relatorio_maio_prudencia_mulheres_no_transito
Observadores Certificados

TV Globo Bahia utiliza relatório do OBSERVATÓRIO em reportagem que destaca maior prudência de mulheres no trânsito

O telejornal Bahia Meio Dia, da TV Bahia – afiliada à TV Glogo na Bahia, comparou questões relacionadas à imprudência no trânsito entre homens e mulheres em reportagem, com base em um relatório produzido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária que destaca algumas diferenças entre mulheres e homens no trânsito brasileiro. A psicóloga do trânsito e Observadora Certificada, Bianca Cruz, destacou a importância de ações educativas exclusivas, voltadas diretamente para o público masculino.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.