Matérias

Reflexões sobre as condições de trabalho marcam o Dia do Caminhoneiro

Escrito por Portal ONSV

30 JUN 2014 - 17H30

"Reflexões

No Brasil, o transporte de cargas é feito, principalmente, pelas rodovias. Isso significa um grande número de caminhões percorrendo as estradas brasileiras todos os dias. Por se tratar de um país de dimensões continentais, os caminhoneiros costumam fazer longas viagens para transportar suas cargas. Hoje, para comemorar o Dia do Caminhoneiro, dedicamos um post especial à esses profissionais.

Com a intenção de melhorar suas condições de trabalho, foi promulgada, em 2012, a Lei Federal 12.619. Essa medida ainda está passando por muitas mudanças no Congresso. De acordo com o Coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Alberto Rizzotto, no programa “Acidentes Não Acontecem”, essa lei representa uma perspectiva para proteger os caminhoneiros dos riscos a que eles são expostos todos os dias. Além disso, permitir que esse motoristas conduzam seus veículos sem uma pausa adequada para descanso representa um perigo para todos os usuários das vias.

Dados da Seguradora Líder DPVAT apontam que as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT por acidentes ocorridos em 2013, envolvendo caminhões e pick-up’s, foram  no caso de morte  2.970,  sendo  42% a motoristas, 40% a pedestres e 18% a passageiros. Já as 3.905 indenizações de invalidez permanente  foram destinadas 39% a motoristas, 33% a pedestres e 28% a passageiros, lembrando que as quantidades de ocorrências a partir de 2011 ainda podem aumentar,  pois o beneficiário tem até 3 anos, a contar do acidente, para recorrer ao seguro. Para mais informações sobre essas estatísticas clique aqui.

Ao analisarmos os dados por horário do acidente, observamos que o período crítico para acidentes envolvendo esta categoria é o diurno, que vai de 9h às 20h, concentrando 58% das mortes e 65% dos casos de invalidez.

Diante destas estatísticas, a idade e a manutenção inadequada da frota, o esgotamento físico e mental do motorista destes veículos de carga, que dirigem por muitas horas nas estradas e rodovias, algumas apresentando condições precárias, bem como a urgência no tempo de chegada ao destino, são apontados como principais responsáveis pela maioria de acidentes envolvendo caminhões e pick-up’s.

Feliz Dia do Caminhoneiro e dirija com responsabilidade!

Fonte: Viver Seguro no Trânsito

Brasil_registra_uma_multa_a_cada_12_segundos_pelo_nao_uso_do_cinto_de_seguranca
Observadores Certificados

Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança

O jornal Band Cidade, da TV Bandeirantes Bahia, destacou no último sábado (06), que o Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança. Apesar do item ser obrigatório muitos condutores e passageiros ainda não o utilizam. Os Observadores Certificados Guilherme Nogueira e Urislan Carvalho falaram sobre a eficácia do cinto de segurança, que reduz em até 50% o risco de morte em caso de uma ocorrência de trânsito.

Faixa_Azul_projeto_de_lei_pretende_implementar_sinalizacao_de_seguranca_em_sao_jose_dos_campos
Matérias

Faixa Azul: Projeto de Lei pretende implantar sinalização de segurança para motociclistas em São José dos Campos/SP

A TV Câmara de São José dos Campos, destacou na última quinta-feira (04), a aprovação de um Projeto de Lei que visa implementar a Faixa Azul para motociclistas na cidade, localizada no interior de São Paulo. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, falou à reportagem sobre a importância dessa iniciativa.

Observadora_Certificada_fala_sobre_educacao_para_o_transito
Observadores Certificados

Observadora Certificada fala sobre Educação para o trânsito e dá dicas de como implementar em sala de aula, na TV Poços/MG

A Pedagoga, Educadora de Trânsito e Observadora Certificada, Stefania Alvise, foi a convidada do programa Conexão, da TV Poços – emissora local da cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais -, na última quinta-feira (27), para falar sobre a importância da Educação para o trânsito nas escolas e como implementar a didática em sala de aula.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.