Matérias

RIBEIRÃO PRETO/SP RECEBE PROJETO-PILOTO DO CURSO DE CAPACITAÇÃO EM VISÃO ZERO

Promovido na parceria entre OBSERVATÓRIO e UFPR, o curso de capacitação em Visão Zero tem como objetivo reduzir a zero o número de mortes no trânsito

Escrito por Portal ONSV

08 DEZ 2023 - 10H07 (Atualizada em 08 DEZ 2023 - 11H20)

A cidade de Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo, recebeu entre os dias 04 e 06 de dezembro o curso de Capacitação em Visão Zero, ministrado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária em parceria com a UFPR (Universidade Federal do Paraná). As aulas foram minstradas na sede da Coderp (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto).

A secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano de Ribeirão Preto, Hellem Miranda, falou sobre a iniciativa do município para cumprir a meta de zerar as mortes no trânsito, alinhada aos objetivos globais e a relevância do curso promovido pelo OBSERVATÓRIO e UFPR para a promoção da segurança no trânsito da cidade.

“A segurança viária é um desafio compartilhado por municípios de todo o país, uma vez que a violência no trânsito é considera uma epidemia não apenas no Brasil, mas também no mundo. Em busca de enfrentar essa situação, o Plano de Mobilidade Urbana do Município de Ribeirão Preto (Lei Municipal n°3.187/2023) apresentou dentre suas metas a necessidade de zerar as mortes no trânsito. Tal iniciativa busca alinhar as ações locais para se atingir os objetivos globais de redução de mortes no trânsito até o ano de 2050. Dentre as ações previstas, a capacitação de equipe técnica municipal constitui papel fundamental nesse processo”.

Ela também ressaltou como é fundamental para que os agentes públicos estejam atualizados para promover essa mudança na sociedade. “Os agentes públicos são indispensáveis para a mudança de paradigma necessária para a prática de ações dentro da Visão Zero. Eles são os responsáveis pela execução das políticas públicas, planejamento, desenho, obras de infraestrutura e ações gerais de fiscalização, educação, entre outras, que permitirão atingir a meta de reduzir para zero o número de mortes no trânsito” frisou.

O curso de Capacitação em Visão Zero tem como temas abordados: I. Fundamentos de Segurança Viária; II. Introdução ao Visão Zero; III. Fatores de risco para a ocorrência e severidade dos sinistros de trânsito; IV. Tipos de sinistros e sua relação com a infraestrutura viária; V. Gestão da velocidade no ambiente urbano; VI. Noções sobre “Ruas Completas” e o uso de dispositivos de moderação de tráfego; VII. Identificação de locais críticos e efetividade de contramedidas.

Para a secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano de Ribeirão Preto, o conteúdo transmitido nos três dias de curso será aplicado na prática à rotina da cidade, por meio de ações realizadas em conjunto com as secretarias municipais (da Infraestrutura; de Planejamento e Desenvolvimento Urbano; de Obras Públicas; além de membros da RPMobi (Empresa de Mobilidade Urbana de Ribeirão Preto), que foram representadas por integrantes das pastas, durante o curso.

“O conteúdo ministrado no curso engloba atividades de teor prático dos agentes públicos envolvidos na tomada de decisão sobre os elementos associados à Visão Zero. O desenvolvimento de projetos urbanos, implantação de infraestruturas, gerenciamento e fiscalização dos sistemas de trânsito estão presentes na prática diária dos participantes do curso. Dessa forma, entende-se que a capacitação desses profissionais deverá fomentar uma visão crítica a respeito da tomada de decisão sobre os elementos que interferem nas condições de segurança viária. Assim, a primeira turma formada no Curso de Visão Zero deverá operar como propagadora das premissas fundamentais para a garantia dos princípios dos sistemas seguros, expandindo, portanto, os conceitos apreendidos. Dessa forma, há uma expectativa sobre a qualificação da tomada de decisão a respeito das soluções desenvolvidas, buscando reduzir a letalidade do trânsito no município”, encerrou Hellem Miranda.

Vale destacar que Ribeirão Preto desenvolve diversas ações de conscientização para o trânsito seguro em parceria com o OBSERVATÓRIO. A cidade é integrante do Programa Município Laço Amarelo, já promoveu entre os profissionais da área de trânsito do município o curso Transformando Cidades: implementando o Pnatrans, além de implantar na Escola Municipal de Ensino Fundamental Doutor Waldemar Roberto, o Programa Educa – sendo premiada este ano com o prêmio Senatran 2023.

Na ocasião, o OBSERVATÓRIO e a UFPR, foram representados pelo head de Mobilidade Urbana Pedro Borges, e o professor Jorge Tiago Bastos, integrante do Departamento de Transportes da UFPR, coordenador do acordo de cooperação técnica entre o OBSERVATÓRIO e a UFPR e membro do conselho deliberativo do OBSERVATÓRIO, respectivamente.

Brasil_registra_uma_multa_a_cada_12_segundos_pelo_nao_uso_do_cinto_de_seguranca
Observadores Certificados

Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança

O jornal Band Cidade, da TV Bandeirantes Bahia, destacou no último sábado (06), que o Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança. Apesar do item ser obrigatório muitos condutores e passageiros ainda não o utilizam. Os Observadores Certificados Guilherme Nogueira e Urislan Carvalho falaram sobre a eficácia do cinto de segurança, que reduz em até 50% o risco de morte em caso de uma ocorrência de trânsito.

Faixa_Azul_projeto_de_lei_pretende_implementar_sinalizacao_de_seguranca_em_sao_jose_dos_campos
Matérias

Faixa Azul: Projeto de Lei pretende implantar sinalização de segurança para motociclistas em São José dos Campos/SP

A TV Câmara de São José dos Campos, destacou na última quinta-feira (04), a aprovação de um Projeto de Lei que visa implementar a Faixa Azul para motociclistas na cidade, localizada no interior de São Paulo. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, falou à reportagem sobre a importância dessa iniciativa.

Observadora_Certificada_fala_sobre_educacao_para_o_transito
Observadores Certificados

Observadora Certificada fala sobre Educação para o trânsito e dá dicas de como implementar em sala de aula, na TV Poços/MG

A Pedagoga, Educadora de Trânsito e Observadora Certificada, Stefania Alvise, foi a convidada do programa Conexão, da TV Poços – emissora local da cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais -, na última quinta-feira (27), para falar sobre a importância da Educação para o trânsito nas escolas e como implementar a didática em sala de aula.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.