Matérias

Rodovias que Perdoam: óbitos em rodovias podem ser reduzidos em 50% com investimento de 500 milhões de reais

Escrito por Portal ONSV

11 MAR 2021 - 16H32

O relatório “Rodovias que Perdoam – Brasil”, desenvolvido entre a parceria do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e a UFPR (Universidade Federal do Paraná) ganhou destaque no portal UOL hoje (11), pelo colunista Diogo Schelp, ao revelar que com o investimento de 500 milhões de reais para melhorar as condições de segurança nos trechos de maior número de sinistros em rodovias federais, seria possível reduzir em 50% os óbitos e em 30% os feridos nas rodovias federais em todo o País.

Com esse investimento, seriam implantadas duas medidas fáceis, de baixo custo e extremamente eficazes, conforme as propostas do estudo. A primeira é a instalação de cilindros delimitadores no meio das pistas de mão dupla em trechos em que a ultrapassagem é proibida. Isso evitaria colisões frontais e possui potencial de redução de 90% dos sinistros.

A segunda consiste em reforçar o limite entre a pista e o acostamento por meio de sonorizadores longitudinais – pequenas depressões contínuas no asfalto que provocam barulho quando em contato com os pneus. Isso evitaria distrações dos condutores e, portanto, que os veículos saiam da pista. A redução de sinistros é de 68%.

O investimento para implantar as medidas em todos os trechos de maior risco das rodovias federais representaria o equivalente a 5% do orçamento anual do Ministério da Infraestrutura e, seria possível salvar a vida de 10 mil pessoas e evitar que outras 80 mil ficassem feridas em sinistros na malha viária federal no período de três anos.

Essas soluções de baixo custo compõem a primeira de 12 metas estabelecidas pelo estudo para atingir o objetivo de reduzir em 50% os sinistros de trânsito no Brasil na década de 2021 a 2030.

Leia a matéria completa em: https://noticias.uol.com.br/colunas/diogo-schelp/2021/03/11/com-r-05-bi-pode-se-reduzir-em-50-mortes-em-rodovias-br-diz-estudo.htm

Acesse o relatório “Rodovias que Perdoam – Brasil”: http://bit.ly/3vbgJ7i

Imagem: Divulgação/CBMMG

Observadores_certificados_tomam_posse_cetran_mg
Observadores Certificados

Observadores Certificados tomam posse junto ao Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais

No dia 23 de abril, foi realizada a posse dos novos membros do Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Cetran-MG). Na ocasião foram empossados como conselheiros os Observadores Certificados Alexander Ferreira de Magalhães e Kenedy Santos Pereira. A cerimônia ocorreu no Palácio Tiradentes na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, e contou com a presença da Secretária de Estado e Planejamento e Gestão, Luísa Cardoso Barreto, presidente do colegiado, do Chefe da Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG), antigo Detran-MG, Lucas Vilas Boas Pacheco, conselheiros empossados e integrantes da equipe administrativa do colegiado.

Observatorio_debate_sobre_desafios_perspectivas_seguranca_viaria_encontro_esg
Matérias

OBSERVATÓRIO debate sobre desafios e perspectivas da Segurança Viária em Encontro ESG

Com o objetivo de fomentar práticas mais sustentáveis, responsáveis, éticas e alinhadas aos valores do ESG (Ambiental, Social e Governança) no setor, o Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) realizou nos dias 05 e 06 de junho, o Encontro ESG: Desafios e Oportunidades no Transporte de Cargas, durante a Jornada de Sustentabilidade. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, esteve entre os debatedores do Painel Segurança Viária ou do Trabalho desafios e perspectivas.

tv_globo_bahia_relatorio_maio_prudencia_mulheres_no_transito
Observadores Certificados

TV Globo Bahia utiliza relatório do OBSERVATÓRIO em reportagem que destaca maior prudência de mulheres no trânsito

O telejornal Bahia Meio Dia, da TV Bahia – afiliada à TV Glogo na Bahia, comparou questões relacionadas à imprudência no trânsito entre homens e mulheres em reportagem, com base em um relatório produzido pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária que destaca algumas diferenças entre mulheres e homens no trânsito brasileiro. A psicóloga do trânsito e Observadora Certificada, Bianca Cruz, destacou a importância de ações educativas exclusivas, voltadas diretamente para o público masculino.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.