Matérias

Vai dirigir sozinho pela primeira vez? Redobre a atenção e cautela

Escrito por Portal ONSV

20 JAN 2017 - 15H22

Respeite regras de velocidade, mantenha distância segura em relação ao veículo da frente e evite ao máximo as ultrapassagens

Vai dirigir sozinho pela primeira vez? Não se assuste se sentir medo e até mesmo certo tremor ao pensar na possibilidade ou, ainda, ao entrar no veículo. Se você fez seu curso de condução, passou nos exames, saiba que está habilitado e que o restante faz parte simplesmente da ansiedade comum a tudo o que se faz pela primeira vez.

Mas é bom saber, também, que as vias oferecem riscos e, por isso, é importante ter cautela e, ainda, controlar a emoção e a ansiedade. Por isso, quanto maior a atenção e cuidados com a segurança, melhor.

Se for pegar o volante pela primeira vez, é fundamental dirigir na velocidade correta, não deixar de usar o cinto de segurança, se manter na faixa correta e uma distância segura em relação ao veículo da frente. Essas regras, inclusive, valem para todos os condutores.

Assim como elas, esse condutor deve sinalizar com setas suas intenções para, desse modo, promover um ‘diálogo’ com os outros motoristas; deve respeitar faixa de pedestres, a sinalização de trânsito, exatamente como qualquer outro.

Além de obedecer às regras comuns, o motorista que sai sozinho pela primeira vez, deve se atentar, igualmente, ao fato de que, por ser iniciante, sua resposta em caso de alguma eventualidade pode ser mais demorado do que a de condutores experientes. Por isso deve manter boa distância do veículo que vai à sua frente, para evitar, por exemplo, uma colisão traseira.

Outro detalhe: o motorista mais experiente pode perceber que o trânsito vai parar. Já o novato pode não ter a percepção com a mesma agilidade. Por isso o ideal é que mantenha distância maior. É aconselhável também que o principiante viaje na companhia de um condutor mais experiente, porque certamente, ele ficará nervoso.

Na estreia ao volante, evite ultrapassagens – nas estradas, inclusive, elas costumam ser mais perigosas do que nas vias da cidade até mesmo para os mais experientes. Se a ultrapassagem for realmente necessária, lembre-se que são, obrigatoriamente, feitas pela esquerda, nunca pela direita ou pelo acostamento.

O principiante deve também estar atento aos sinais, ou seja, à comunicação feita por setas, faróis, etc, pelos outros motoristas, que estarão sinalizando suas intenções. Deve, ainda, manter os vidros totalmente fechados ou totalmente abertos para que, no caso de trafegar em uma rodovia, o veículo fique estabilizado se, por exemplo, for ultrapassado por um veículo muito grande, causando deslocamento de ar.

Serie_transitando_qual_a_sua_contribuicao_para_um_transito_seguro
Matérias

Série Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?

O telejornal Meio-Dia Paraná, da RPC, afiliada à TV Globo, realizou na última semana uma série com cinco reportagens sobre comportamento no trânsito. “Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?”, contou com a participação do professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, explicando questões relacionadas ao comportamento das pessoas e influências diretas no trânsito.

Observatorio_participa_segunda_edicao_esg_energia_negocios_ibp
Matérias

OBSERVATÓRIO participa da 2ª Edição do ESG Energia e Negócios do IBP

Com o objetivo de colaborar para que a sociedade avance em direção a um futuro energético de baixo carbono, o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) realiza a 2ª edição do “ESG Energia e Negócios” nos dias 27 e 28 de maio, em Copacabana, no Rio de Janeiro. O presidente do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, participou da abertura do evento, falando dos atuais números do trânsito no Brasil, dos avanços do Movimento Maio Amarelo e do Programa Laço Amarelo. Além disso, Ramalho também entregou a placa de Mantenedor Social ao IBP durante o encontro que reúne cerca de 500 pessoas.

Observadora_Certificada_ministra_palestra_durante_seminario_programa_vida_no_transito
Observadores Certificados

Observadora Certifica ministra palestra durante Seminário do Programa Vida no Trânsito

A Observadora Certificada e representante do Maio Amarelo em Goiás, Elizabeth Gandara, ministrou uma palestra sobre o Movimento Maio Amarelo no dia 15 de maio, durante o Seminário do Programa Vida no Trânsito, realizado no auditório do Paço Municipal do município de Senador Canedo, no estado de Goiás.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.