Comunicação

MOBILIDADE SEGURA: A BUSCA PELO ÍNDICE ZERO DE ACIDENTES

“O fator humano é a grande chave para a gente movimentar o país no sentido da segurança, no sentido da preservação da vida”

Escrito por Portal ONSV

14 ABR 2023 - 17H09

O Sindicamp (Sindicato das Empresas de Transportes e Cargas de Campinas e Região), realizou hoje (14), a 2ª edição do Programa de Inovação e Gestão Empresarial que teve como tema “Mobilidade segura: a busca pelo índice zero de acidentes”. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, foi um dos painelistas do evento.

Promovido no auditório do sindicato, em Campinas, no interior de São Paulo, e com transmissão online pelo canal do Sindicamp no YouTube. Entre os participantes, estavam José Alberto Panzan, presidente do Sindicamp; como painelistas, Paulo Guimarães, CEO do OBSERVATÓRIO; Vinicius Ladeira, diretor adjunto do Sest Senat; Fernanda Sarreta, vice-presidente da IC Transportes; Alexandre Cacovichi, coordenador corporativo de Segurança Logística Nacional e Internacional da Klabin; Erik Cardassi, responsável pelo comercial da Ambipar Response Brasil; Victor Bordinhon Macedo, assessor de SSMA Logística da Raízen, além de representantes de empresas do setor de transporte e logística.

Durante a sua fala, o CEO do OBSERVATÓRIO, apresentou a entidade, suas diretrizes e ações em busca de um trânsito mais seguro para todos os modais. Também apresentou com exclusividade o teaser da campanha do Movimento Maio Amarelo deste ano, que tem como tema “No trânsito, escolha a vida”, convidando a todos para aderirem à causa e desenvolverem ações de conscientização durante o mês de maio.

Conforme Paulo Guimarães destacou em sua fala, “O fator humano é a grande chave para a gente movimentar o país no sentido da segurança, no sentido da preservação da vida”, e pontuou os três grupos de ações em que o OBSERVATÓRIO desenvolve projetos com esse objetivo.

O processo de formação, que é onde se trabalha a educação para o trânsito no Ensino Fundamental, preparando as crianças para serem cidadãos melhores, aprender a compartilhar o espaço público, a respeitar regras, respeitar o próximo. Uma segunda fase educacional, chamada informação, em que se trabalha com a formação do condutor, e o Selo Mobilidade Segura está inserido com toda a questão técnica, do aprendizado para a condução. E por último, a fase de reformação, em que são trabalhadas as campanhas continuadas, por exemplo, o Movimento Maio Amarelo.

Assista ao evento completo: https://www.youtube.com/live/ONLkI6Dji2g?feature=share

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Comunicação

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.