Observadores Certificados

Cobrança do DNIT? Observador Certificado dá dicas para não cair em golpe

Escrito por Portal ONSV

24 JAN 2024 - 15H25 (Atualizada em 05 FEV 2024 - 12H14)

O Balanço de Notícias – Entrevista, da Rádio Jornal Pernambuco, recebeu no início de janeiro, o mestre em Inovação e Desenvolvimento para o trânsito, especialista em Mobilidade e Observador Certificado, Emanoel Silva, para explicar as notificações de dívidas junto aos proprietários de veículos enviadas pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e como evitar cair em golpes aplicados por terceiros.

Conforme reforçou a reportagem, o DNIT informou que vai reforçar as notificações de dívidas junto aos proprietários de veículos e em nota, o órgão informou que o procedimento é genuíno e não se trata de golpe. Em sua fala inicial, o Observador Certificado explicou de quais cobranças se tratam.

“Essa intensificação de notificações referente às dívidas do órgão, do DNIT, que aplica também a fiscalização de trânsito nas BR’s, nas Rodovias Federais. Então aqueles radares, aqueles semáforos automáticos, registro de fiscalização de velocidade, de excesso de peso. Então nas BR’s, aqueles radares ali, eles fazem a captação da placa. Manda a multa por meio do Detran, fica ali registrado, o Detran fica informado disso. E aqueles que não pagam dentro do prazo, eles têm esse registro podendo ter consequências maiores que a gente vai debater aqui hoje. Isso é o que vai ser notificado”, explicou.

Questionado sobre as cobranças que chegam pelos correios ou mensagens eletrônicas diretamente no celular e como descobrir quando a cobrança é real ou trata-se de golpe, Emanoel Silva deu dicas de como consultar de maneira correta a dívida ou multa junto ao site oficial da instituição.

“Então é muito importante ficar atento com qualquer tipo de notificação que chega em casa, qualquer carta informando que você tem algum débito, sempre consulte na página oficial da instituição. Nesse caso no DNIT, ele tem o portal de multas de trânsito. É fácil, só digitar no Google, qualquer outro navegador, ‘portal de multas de trânsito DNIT’ ou apenas ‘DNIT’ e lá dentro do site oficial, consultar o portal de multas, onde vai ter o espaço para colocar a placa do veículo e consultar se há algum débito pendente.”

O Observador Certificado complementou o seu alerta. “Nunca considere apenas aquela carta que chega em casa, um aviso que chega para o celular, um SMS, um WhatsApp, uma ligação, nunca considere apenas isso. Vá no site oficial, coloque as informações do seu veículo, suas informações para consultar se realmente procede esse débito. Porque muitas vezes algumas multas que ficam atreladas à placa do veículo não aparecem no momento em que a pessoa vai emitir o licenciamento do veículo. Aí muitas vezes a pessoa até não percebe que tem um outro link para baixar as multas de outros órgãos, ou outros débitos referentes a outros órgãos, e só imprime a parte do licenciamento, bombeiro, seguro obrigatório, IPVA, e não coloca justamente a parte das multas. Então isso impede o licenciamento.”

Assista à entrevista completa:

Assista aqui!

Observatorio_uber_detran_rn_promovem_blitz_educativa_em_natal
Matérias

OBSERVATÓRIO, Uber e Detran-RN promovem blitz educativa em Natal/RN

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, a Uber, o Detran-RN (Departamento Estadual de Trânsito) do Rio Grande do Norte, a STTU (Secretaria de Mobilidade Urbana) de Natal, o CPRE (Comando de Polícia Rodoviária Estadual), o BPTRAN - Batalhão de Polícia de Trânsito do Rio Grande do Norte, a Honda e a equipe de teatro realizaram uma blitz educativa na última quinta-feira (29), na Avenida Engenheiro Roberto Freira, zona Sul de Natal, no Rio Grande do Norte.

Artigo_OC_Mercia_Gomes_analise_de_acidentes_com_inteligencia_artificial
Artigos

Análise de Acidentes com Inteligência Artificial: Aprimorando a Segurança da Frota

A inteligência artificial vem transformando muitos setores, e não poderia ser diferente na gestão de frotas. Pesquisas indicam que a IA pode gerar um crescimento econômico de até R$ US$ 13 trilhões até 2023 (fonte: Conversion)

Recife_pe_sem_radares
Observadores Certificados

Recife/PE sem radares: pendências no processo licitatório prejudicam fiscalização de velocidade

O programa da Rádio Jornal Recife da última segunda-feira (26), destacou as mais de 100 avenidas e ruas da cidade de Recife, no Pernambuco, totalmente desprovidas de fiscalização de velocidade e mais de 60 equipamentos desligados devido a pendências no processo licitatório. O mestre em Inovação e Desenvolvimento para o Trânsito, especialista em Fiscalização e Segurança e Observador Certificado, Emanoel Silva, falou à rádio como fica a situação de pedestres e ciclistas em casos como esse.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Observadores Certificados

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.