Loader
PROGRAMA CIRCULANDO, DA DIFUSORA FM, TIRA DÚVIDAS SOBRE O TRÂNSITO COM OBSERVADOR CERTIFICADO
30017
post-template-default,single,single-post,postid-30017,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

PROGRAMA CIRCULANDO, DA DIFUSORA FM, TIRA DÚVIDAS SOBRE O TRÂNSITO COM OBSERVADOR CERTIFICADO

PROGRAMA CIRCULANDO, DA DIFUSORA FM, TIRA DÚVIDAS SOBRE O TRÂNSITO COM OBSERVADOR CERTIFICADO

Ouvintes puderam aprender um pouco mais sobre a temática e tirar dúvidas sobre o tema

O programa Circulando, da Difusora FM 97.1, emissora do grupo Thathi de Comunicação, recebeu o advogado, membro do Cetran/SP e da Câmara de Esforço Legal do Contran e Observador Certificado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Delcides Araújo, na última terça-feira (19), para tirar as dúvidas dos ouvintes sobre segurança viária e educação para o trânsito em Ribeirão Preto.

Com o tema “O que mais te incomoda no trânsito de Ribeirão Preto e qual a sua ideia?”, os ouvintes puderam conhecer um pouco mais sobre essa temática e também sugeriram alternativas para a melhoria do trânsito local, em um bate-papo descontraído.

Nas questões locais, os buracos nas vias foram lembrados por um dos apresentadores, que revelou a preocupação ao precisar guiar, com a necessidade de desviar com cuidado para evitar passar nos buracos e colidir com os “motoqueiros”. Como sugestão, defendeu a criação de uma faixa exclusiva no trânsito para os condutores de motocicletas em Ribeirão Preto.

Na oportunidade, além de responder às dúvidas, Delcides Araújo falou sobre as propostas apresentadas pelo OBSERVATÓRIO para aprimorar o processo de habilitação no país, a questão emocional como um dos principais fatores que causam a reprovação no exame prático de habilitação e também, destacou as iniciativas promovidas pela Transerp, como a cidade de trânsito, para levar educação para o trânsito para as novas gerações.

“ [As crianças] têm contato com datashow e vídeo dependendo da faixa etária, para passar algum conteúdo teórico, e depois, são submetidas à instrução prática. Como eu vou atravessar a rua? Isso é muito importante […] a criança tem que saber disso desde pequenininho. Olhar para os dois lados. Porque se olhar só para um sentido da via de circulação, eu vou ver os carros que estão transitando na mão certa, mas sempre tem o cara de bicicleta, ou o condutor de veículo automotor que está na contramão. E sempre olhar primeiro, para o lado esquerdo, que via de regra, é o lado que está mais próximo a você”, frisou.

Assista ao programa completo:

1 Comment

Post A Comment