fbpx
Loader
PROGRAMA EDUCA CHEGA AO SEGUNDO ANO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP E MOBILIZA MAIS DE 6 MIL ESTUDANTES
30025
post-template-default,single,single-post,postid-30025,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

PROGRAMA EDUCA CHEGA AO SEGUNDO ANO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP E MOBILIZA MAIS DE 6 MIL ESTUDANTES

PROGRAMA EDUCA CHEGA AO SEGUNDO ANO EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP E MOBILIZA MAIS DE 6 MIL ESTUDANTES

O objetivo do programa é investir desde cedo na conscientização de crianças e adolescentes criando uma cultura de respeito no trânsito e na formação de multiplicadores de boas condutas

O Programa Educa, projeto pioneiro no país, chega ao segundo ano de implantação em São José dos Campos, no interior de São Paulo, com mais de 6.300 crianças e jovens atendidos pelo programa de Educação para o Trânsito promovido pela Prefeitura de São José dos Campos, por meio das Secretarias de Mobilidade Urbana e Educação e Cidadania, em parceria com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária.

O objetivo do Programa Educa é investir desde cedo na conscientização de crianças e adolescentes criando uma cultura de respeito no trânsito e na formação de multiplicadores de boas condutas. Lições que os estudantes da Emefi Moacyr Benedicto de Souza, no Campo dos Alemães, na região sul da cidade, já começam a aprender. Na escola, todos os cerca de 800 alunos, do 1º ao 9º ano, estão envolvidos no projeto.

“Eu pretendo aprender sobre educação no trânsito, saber o objetivo das placas e a forma certa de atravessar a rua”, disse a estudante Anabele Miliano Rodrigues da Silva, 9 anos.

Anabele diz que seus pais sempre a orientaram sobre os cuidados com o trânsito. “Eles me falam para prestar atenção no semáforo e na faixa de pedestres, além de olhar para os dois lados antes de atravessar a rua. Eles também me pedem para usar o cinto de segurança, mas, quando meus pais não colocam, eu também falo: “Pai, coloca o cinto”.

Seu colega de classe, Wesley Rocha de Souza, 9 anos, morador da Vila das Flores também está animado com as novas aulas sobre trânsito. “Eu espero aprender sobre o trânsito, a faixa de pedestres, o semáforo. Às vezes, meus pais me lembram de colocar o cinto de segurança, porque eu sempre esqueço”, disse.

“O objetivo desses livros é ensinar as crianças como devemos olhar para o trânsito, sempre com muita segurança e atenção. Acho muito bacana e importante desde cedo trabalhar a conscientização, tanto da parte de sinalização dos carros quanto das responsabilidades do pedestre”, disse a professora Thaisa Cristina Gonçalves Matiazi, 33 anos, que apresentou o livro às crianças.

Segundo a professora GP de Tecnologia, Camila Santanna Vestali Fernandes, a educação para o trânsito se dá em um processo contínuo de construção de conceitos e valores, para o exercício da cidadania.

“É na escola que se conscientiza a criança em relação ao trânsito, criando nela valores como o compartilhamento de espaços de forma segura. Eles serão os futuros motoristas e hoje já são passageiros e usuários de skates e bicicletas e devem aprender a compartilhar bem os espaços”, disse.

Os livros serão trabalhados em dez CEIs (Centro de Educação Integral) no contraturno escolar, dentro do momento de Estudo em Ação. O livro possui nove unidades distribuídas ao longo do ano, com atividades aplicadas semanalmente aos alunos de 1° a 9° ano do ensino fundamental, sobre educação para o trânsito e chegaram às salas de aula de dez escolas municipais de São José dos Campos para incentivar a formação cidadã em trânsito seguro.

Conheça o Programa Educa: https://www.onsv.org.br/programa-educa/

 

Leia a matéria completa: https://www.sjc.sp.gov.br/noticias/2022/junho/15/educacao-para-o-transito-mobiliza-mais-de-6300-estudantes/

Fotos: Adenir Britto/PMSJC

No Comments

Post A Comment