OBSERVATÓRIO | Acidentes de trânsito são a maior causa de morte entre jovens
1470
post-template-default,single,single-post,postid-1470,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Acidentes de trânsito são a maior causa de morte entre jovens

Acidentes de trânsito são a maior causa de morte entre jovens


Acidentes de trânsito são a maior causa de morte entre jovens

Secretário-geral da ONU disse que mais de 500 crianças morrem por dia todos os anos e milhões ficam feridas; Brasil vai sediar a segunda Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança nas Estradas em 2015.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou que os acidentes de trânsito representam a maior causa de morte de jovens entre 15 e 29 anos no mundo.

A declaração foi feita para marcar o Dia Mundial em Memória às Vítimas dos Acidentes nas Estradas, este domingo, 16 de novembro.

Crianças

Ban afirmou que esses acidentes matam mais de 500 crianças por dia e deixam milhões de pessoas de todas as idades com graves ferimentos todos os anos.

Segundo dados oficiais, mais de 1,2 milhão de pessoas perdem a vida anualmente em acidentes de trânsito no mundo inteiro, isso significa mais de duas mortes por minuto.

Em nota, o chefe da ONU disse que a data reflete compaixão e prevenção. Ele disse que todos sentem a falta daqueles que morreram nas estradas e consolam parentes e amigos. Ao mesmo tempo, Ban disse que é necessário chamar a atenção para as dificuldades econômicas enfrentadas pelas pessoas que estão de luto.

Vigília

Ele lembrou que no ano passado, nesta data, estava na Lituânia, que é um dos muitos países que mais tentam resolver o problema. Ban lembrou que ficou comovido com o espectro silencioso de uma luz de velas numa vigília em Vilnius.

O secretário-geral explicou que cada vela representava cada pessoa morta nas estradas do país desde 1990. Segundo ele, tributos assim representam um forte testemunho da necessidade de ação.

O chefe da ONU disse que o foco do tema desse ano é “Velocidade Mata”. Ban afirmou que vários governos estão tentando lidar com o problema da velocidade.

Brasil

Ban declarou que China, França, Quênia, Rússia e Turquia estão entre as nações que estão adotando novas leis, reforçando a aplicação das normas e redesenhando as ruas com quebra-molas e outros instrumentos para reduzir a velocidade.

Ele disse que as Nações Unidas estão trabalhando com parceiros na implementação de várias iniciativas, inclusive na preparação da Segunda Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança nas Estradas, que vai acontecer no Brasil em novembro de 2015.

Fonte: Rádio ONU

Sem comentários

Escreva um comentário