OBSERVATÓRIO | Agenda Positiva – #MedoDeDirigir
7353
post-template-default,single,single-post,postid-7353,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Agenda Positiva – #MedoDeDirigir

Agenda Positiva – #MedoDeDirigir


Pode até parecer pouco comum, mas o medo de dirigir acompanha um número significativo de pessoas ao ponto de algumas autoescolas disponibilizarem instrutores especializados para o atendimento desses casos.

Atribuído a diversas causas, o medo de dirigir pode derivar da inexperiência da pessoa em relação ao automóvel, da insegurança devido à sensação de independência proporcionada pelo veículo, ou até mesmo de traumas decorrentes de diversas causas, entre elas, de acidentes vividos.

A Agenda Positiva do Programa Observar, parceria entre o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e a Seguradora Líder-DPVAT, trata do tema neste mês de outubro e dá algumas orientações para a superação do problema, cujo alguns dos ‘sintomas’ , pernas bambas, mãos trêmulas e suor excessivo ao pegar no volante.

A confiança é uma das principais armas para vencer o medo, portanto, seguem algumas dicas:

  • Pratique mais. Tente relaxar ao máximo e, para isso, é até aconselhável ouvir música relaxante enquanto pratica a direção.
  • Procure manter-se seguro. Lembre-se que você foi habilitado, esteve em aulas de volante, passou nas provas, conhece as regras e tem todas as condições para transitar ao volante de seu veículo pelas vias. Se estiver inseguro terá mais pânico, mais dificuldade. Lembre-se que você é capaz.
  • O excesso de confiança no trânsito é uma das causas de acidentes. Quem a usa na medida certa tem menor chance de causar problemas. Portanto é necessário estar atento e dirigir pelos outros.
  • Se mesmo praticando sentir que o problema é a falta de conhecimento seguro das técnicas de direção, por nervosismo ou esquecimento do que aprendeu nas aulas que fez para obter a habilitação, procure fazer um segundo curso. Isso é possível em algumas autoescolas.
  • Caso nem mesmo assim consiga superar o medo, procure um psicólogo. Com atendimento especializado você poderá tratar e superar síndrome do pânico, excesso de ansiedade, traumas do passado ou algum outro motivo que provocam medo de dirigir.

Assista ao vídeo:

 

BAIXE AS PEÇAS GRATUITAMENTE CLICANDO AQUI

 

 

Sem comentários

Escreva um comentário