OBSERVATÓRIO | Alerta para as mulheres! Cuidado na escolha do sapato para conduzir motos
5317
post-template-default,single,single-post,postid-5317,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Alerta para as mulheres! Cuidado na escolha do sapato para conduzir motos

Alerta para as mulheres! Cuidado na escolha do sapato para conduzir motos

Uso de sapatos fechados vale para motoristas e garupa nesse tipo de veículo

sandalia-moto-mulher-2

Basta uma saída às ruas para uma constatação perigosa. Mulheres em motocicletas, condutoras ou garupas, com sapatos inadequados para a condução ou deslocamento nesse tipo de veículos.

As mulheres, muito mais que os homens, estão sujeitas à sedução da vaidade e acabam adotando calçados como rasteiras, sandálias, tamancos e saltos dos mais variados, que não podem ser utilizados para dirigir uma moto.

Se você é dessas que não abre mão desse tipo de sapato, procure levá-lo em uma bolsa para só colocá-lo ou calçá-lo depois que parar de dirigir.

A segurança exige que as mulheres usem calçados fechados. Imagem numa queda o estrago que pode acontecer se a condutora ou garupa estiver de rasteirinhas, por exemplo. A adoção de sapatos fechados e sem salto também é uma medida preventiva para reduzir a gravidade dos ferimentos. Afinal, saltos também atrapalham no controle dos pedais e trazem riscos.

Além disso, o Código de Trânsito brasileiro (CTB) define que é proibido pilotar motos com chinelos e sandálias que não estejam presas/firmes aos pés – portanto, as mulheres podem esquecer também o uso de tamancos.

De acordo com o artigo 252 do CTB, esse comportamento é considerado infração média, sujeita à multa.

Então, não transporte pessoas sem calçados adequados em motos e dê também o exemplo, usando sapatos que garantam a sua segurança.

Sem comentários

Escreva um comentário