OBSERVATÓRIO |  Confira 10 regras para evitar acidentes
8511
post-template-default,single,single-post,postid-8511,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

 Confira 10 regras para evitar acidentes

 Confira 10 regras para evitar acidentes

 Medidas e atitudes simples, quando escolhidas pelo condutor, podem fazer a diferença e preservar vidas nas vias e rodovias

Acidentes de trânsito são, infelizmente, ocorrências comuns no dia a dia. Eles podem ser vistos com frequência nas vias e nas rodovias do país, seja uma simples colisão ou algo mais grave que demande, inclusive, atendimento médico de emergência. Os números oficiais comprovam isso. Em 2014 eles foram responsáveis por cerca de 44 mil vítimas fatais.  E os mutilados permanentes, segundo estatísticas, compõem um grupo alarmante.

Os dados trazem embutidos também uma constatação lamentável: a de que 90% dos acidentes são originados por falhas humanas e poderiam ter sido evitados. Mas revelam que mudar esse cenário sombrio depende de ações simples, de escolhas, por parte dos condutores, que podem fazer a diferença.

Neste sentido, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária aponta atitudes que, se tomadas pelos motoristas, são capazes de alterar o quadro nas vias e rodovias brasileiras, contribuindo para um trânsito mais seguro e humano. Confira quais são:

  • Trafegar na velocidade estipulada para as vias: agindo assim haverá maior tempo de reação do condutor do veículo em caso de situação inesperada e, no caso do acidente ocorrer, as consequências serão menos graves.
  • Manter distância do veículo que vai à sua frente: ela deve ser de 3 segundos. Para calcular basta observar o momento em que o veículo passa por algum objeto fixo na pista e conte em quanto tempo você chegou ao mesmo objeto. Se for menor que 3 segundos, desacelere para garantir distância maior.
  • Não se distraia ao volante: estudos apontam que a falta de concentração proporcionada por ações como falar ao celular (ou mandar mensagens de texto), comer ou distrair-se com objetos externos são sérias causas para ocorrência de acidentes, já que o ser humano, comprovadamente, não consegue se concentrar em mais de uma atividade ao mesmo tempo. Portanto, mantenha seu foco na via.
  • Cansaço e sono: são duas condições que não combinam com a direção segura. Dirigir cansado, com sono, ou sob o efeito de medicamentos pode ser tão perigoso quanto beber e dirigir. Evite, então, conduzir veículo nestas condições.
  • Beber e dirigir: não existe limite seguro para a ingestão de bebidas quando se vai dirigir. A bebida compromete a capacidade de reação, indispensável para enfrentar situações inesperadas.
  • Sinalize suas intenções no trânsito: para dialogar com outros condutores não se esqueça de sinalizar suas manobras utilizando as setas, sinais com o braço, piscadas com os faróis ou breves toques na buzina.
  • Respeite a sinalização: placas e semáforos são dispostos nas vias após estudos técnicos e, se estão em determinados locais indicando certos comportamentos, esteja certo de que essa colocação tem razão de ser.
  • Respeite a faixa de pedestres: todos nós somos pedestres em algum momento, Portanto, não deixe de respeitar a faixa e esperar a travessia de pedestres.
  • Mantenha sempre seu veículo em boas condições de manutenção.
  • Nunca deixe de usar o cinto de segurança: também verifique se seus passageiros, inclusive os do banco traseiro, estão usando o cinto. Ele pode fazer diferença significativa em caso de acidente.
6 Comentários

Escreva um comentário