OBSERVATÓRIO | Cuidados podem garantir retorno seguro após dia de trabalho
7388
post-template-default,single,single-post,postid-7388,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Cuidados podem garantir retorno seguro após dia de trabalho

Cuidados podem garantir retorno seguro após dia de trabalho

ONSV enumera dicas de segurança tanto para condutores de veículos quanto para pedestres

Depois de um dia de trabalho, de uma jornada nos estudos, ou do cumprimento de uma série de outros tipos de compromissos, tudo o que se quer é estar logo em casa para o merecido descanso. E em nome dele, por vezes, atitudes que podem inclusive impedir a concretização chegada esperada são tomadas no trânsito.

É certo que enfrentar congestionamentos faz parte do dia a dia dos moradores das grandes cidades. Então, se o problema é comum e não há a possibilidade de eliminá-lo, a melhor saída para quem está ao volante é: fique calmo. Irritar-se não vai diminuir o congestionamento.

Do mesmo modo, orienta o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária – ONSV, a gentileza pode garantir com maior tranquilidade a chegada para o descanso em casa. Permita, por exemplo, que algum outro condutor que estiver sinalizando interesse em ultrapassá-lo realize a manobra. Se você cometer algum erro, desculpe-se. Nada é mais importante do que a gentileza e a tranquilidade para que se realize uma condução segura.

Respeite também as faixas de pedestres já que muitos deles, certamente, anseiam chegar em casa depois de um dia de trabalho tanto quanto você. Da mesma forma, respeite os semáforos e as leis de trânsito em geral. Evite discutir ao volante ou aceitar provocações de outros motoristas. Se for possível, evite os congestionamentos e o trânsito pesado saindo de seu trabalho um pouco antes, ou depois, do horário de maior movimento.

Se existem regras para os condutores de veículos, elas existem também para os pedestres. Estar atento ao redor é uma delas. Fazer travessias nos locais indicados pela sinalização viária – como as faixas de segurança – é outra. Se onde estiver não existir faixa, evite atravessar em curvas ou esquinas, onde a possibilidade de não ser visto por condutores de veículos é maior nesses pontos.

Os pedestres devem caminhar sempre pelas calçadas. A regra ‘fazer ser visto’ é válida também para os pedestres, que devem estar sempre atentos sem, por exemplo, fones de ouvido para manter a audição liberada. Esqueça o celular também se estiver ao volante ou até mesmo transitando a pé. Pedestres devem, ainda, estar atentos aos semáforos ao passarem por garagens com saídas de veículos. Outra dica é: sempre que for atravessar uma via nunca saia detrás de ônibus, caminhões, postes ou outros objetos que possam impedir sua visualização por parte dos motoristas.

Sem comentários

Escreva um comentário