Loader
Ignorar placa de Pare no cruzamento pode causar acidentes
20126
post-template-default,single,single-post,postid-20126,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

Ignorar placa de Pare no cruzamento pode causar acidentes

Ignorar placa de Pare no cruzamento pode causar acidentes

O Programa Auto Esporte, da TV Globo, deste domingo (23 de dezembro), voltou a exibir a reportagem de César Urnhani sobre a importância do respeito ao PARE. O tema contou com a participação do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, que orientou os telespectadores sobre esse tão valiosa regra de trânsito.

De acordo com José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, ouvido pela reportagem, “o Pare é como o semáforo que está em vermelho”. E parar completamente o veículo num cruzamento deve ser respeitado por todos os condutores.

A placa de Pare é universal, só muda o idioma. “O departamento de trânsito pode usar outros formatos para comunicar o Pare. Muitas vezes usa também o Pare amarelo, que informa com antecedência o motorista que, logo adiante, ele terá uma sinalização do Pare clássico, em vermelho. Existe também a utilização do Pare no piso, em branco”, explicou Ramalho.

Assista a matéria completa: https://globoplay.globo.com/v/7253103/programa/

 

1 Comment
  • BENEDITO LUIS DE FRANÇA
    Posted at 10:16h, 31 dezembro Responder

    PARADA OBRIGATÓRIA para os acidentes de trânsito!!! SINAL VERDE para a Vida no trânsito!!!
    Infelizmente é comum observarmos motoristas desrespeitando a placa PARE (placa de regulamentação e com mensagem IMPERATIVA, ou seja, PARE é PARE, o veículo tem que PARAR, ficar imobilizado), como muito bem frisou o DR. JOSÉ AURÉLIO RAMALHO do ONSV, quando o motorista chega com o seu veículo na aproximação de um determinado cruzamento e ou interseção qualquer e se deparar com a placa PARE, é a mesma coisa de se aproximar do cruzamento e ou interseção e se deparar com o SEMÁFORO COM O FOCO “VERMELHO” ACESO, nesse tipo de situação, o veículo tem que ficar completamente imobilizado/ parado.
    Outrossim, tem outra questão e que diz respeito com a ENGENHARIA DE TRÁFEGO, pois existem casos de implantação de placa PARE de forma incorreta, que ao invés de se implantar a placa PARE, deveria ter sido implantada a placa de regulamentação de “DÊ A PREFERÊNCIA/ R-2”, ou seja, nesse caso, o veículo não tem a obrigatoriedade de PARAR e sim, de REDUZIR A VELOCIDADE, para que seja possível observar se vem outro veículo transitando pela via preferencial e assim, evitar os acidentes de trânsito. Temos especificações técnicas claras e bem definidas para o uso CORRETO da placa de regulamentação PARE – PARADA OBRIGATÓRIA/ R-1.
    Saudações de Paz no Trânsito!!!

Post A Comment