OBSERVATÓRIO | Novos conceitos para o trânsito
3095
post-template-default,single,single-post,postid-3095,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Novos conceitos para o trânsito

Novos conceitos para o trânsito

Novos conceitos para o trânsito

O tema e slogan da Semana Municipal de Trânsito, instituídos pelo DENATRAN – Departamento Nacional de Trânsito, “Sou a mudança no trânsito”, inspiraram o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) a lançar uma campanha nas redes sociais, com foco em comportamentos seguros para reduzir a acidentalidade no trânsito.

Durante todo o mês de setembro, todas as quartas e sextas-feiras, o público poderá acompanhar mensagens da campanha, que levará conscientização para todos os atores do trânsito: pedestres, ciclistas, motociclistas, condutores em geral e até passageiros, no caso, crianças transportadas. As peças são veiculadas no facebook e no twitter do ONSV.

A proposta é convencer a todos que no trânsito, toda mudança passa, em primeiro lugar, pelo compromisso pessoal de cada um em agir com responsabilidade e gentileza para garantir a segurança de todos.

A intenção do OBSERVATÓRIO é também destacar a necessidade de uma convivência baseada na “urbanidade” e no “aticismo”.

As duas palavras não parecem muito acessíveis, mas são fundamentais como primeiro passo para transformar o trânsito e têm sinônimos em outros conceitos que conhecemos bem como a gentileza, a civilidade, a cortesia e a educação. Os novos conceitos são uma forma de chamar a atenção do público, saindo dos chavões, muitas vezes, já desgastados e que acabam sendo ignorados por já terem se tornados clichês.

“Não existem dúvidas que, no trânsito, precisamos conviver e agir com uma certa polidez para quebrar esse clima de guerra e disputa, muito comum entre motoristas, motociclistas, pedestres, ciclistas e passageiros”, defende a jornalista Daniela Gurgel, gestora de Comunicação do OBSERVATÓRIO.

Ela conceitua que “aticismo” vem de como o povo da Grécia Antiga vivia, com polidez e sensibilidade. Já Urbanidade, vem do pertencimento à cidade. “Portanto, pertencemos e precisamos estar integrados à cidade da melhor forma”, destaca.

Segundo Daniela, ser urbano no trânsito implica em dividir o espaço com o outro. E a divisão do espaço exige uma convivência harmoniosa e respeitosa nas vias.

A Campanha “Sou a mudança no trânsito” do OBSERVATÓRIO  aborda os seguintes temas –

– uso do cinto de segurança

– respeito ao ciclista

– respeito à sinalização (incluindo a faixa de pedestre e placas)

– excesso de velocidade

– uso do celular ao volante

– uso do álcool na direção

– uso da cadeirinha para o transporte de crianças

– uso do capacete pelos motociclistas

A partir de agora, então, acompanhe nossas mensagens no facebook e twitter e já antecipe as comemorações da Semana Nacional de Trânsito, muita conscientização.

Sem comentários

Escreva um comentário