OBSERVATÓRIO | O elevado número de atropelamentos no Brasil
17403
post-template-default,single,single-post,postid-17403,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

O elevado número de atropelamentos no Brasil

O elevado número de atropelamentos no Brasil

O jornal digital Nexo publicou recentemente uma reportagem falando da urgência em uma conscientização de norte a sul do país sobre o respeito a faixa de pedestres. Um dado de 2012 mostra que quase nove mil pessoas tinham morrido atropeladas. Em 2015, o portal Iris do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária (http://iris.onsv.org.br/iris-beta/#/) que publica dados do DataSus (Ministério da Saúde) mostra que 6.979 pedestres perderam a vida no trânsito.

A reportagem do Jornal Nexo mostra alguns exemplos de cidades que até hoje os motoristas param na faixa, ou seja: dão a preferência ao pedestre. Alguns especialistas comentam essa situação trágica do Brasil e fazem suas considerações. O gerente técnico do OBSERVATÓRIO, Renato Campestrini também contribui com a reportagem.

Leia na íntegra a matéria: https://www.nexojornal.com.br/expresso/2017/08/08/Por-que-faixas-de-pedestres-s%C3%A3o-%E2%80%98enfeite%E2%80%99-em-boa-parte-do-Brasil

7 Comentários

Escreva um comentário