OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO e Polícia Rodoviária Federal discutem ampliação de parceria
7001
post-template-default,single,single-post,postid-7001,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO e Polícia Rodoviária Federal discutem ampliação de parceria

OBSERVATÓRIO e Polícia Rodoviária Federal discutem ampliação de parceria

Em reunião com representantes da PRF, diretor-presidente do ONSV mostra projetos que têm sinergia com objetivos da corporação

Com o objetivo de ampliar ainda mais a parceria com a instituição, o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, reuniu-se nesta quarta-feira, 31 de agosto, com representantes de vários setores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Brasília.

No encontro, Ramalho apresentou projetos desenvolvidos a partir da expertise do OBSERVATÓRIO que têm sinergia com projetos, propostas e objetivos da PRF. Entre eles, o do Movimento Maio Amarelo, o Programa de Gestão de Trânsito Municipal (PGTM) e o URBANIDADE.

De acordo com Ramalho, o encontro foi bastante produtivo, já que o interesse na ampliação da segurança viária e, consequentemente, na redução de acidentes com mortos e feridos graves nas rodovias do país, une tanto o OBSERVATÓRIO quanto a PRF.

Há pouco mais de um mês uma parceria entre a PRF e o OBSERVATÓRIO garantiu o lançamento da campanha #DesConecta. Trânsito ON, Celular Off, que visa alertar sobre os riscos da combinação celular/direção.

Na avaliação de Maria Alice Nascimento Souza, diretora geral da PRF, “com esta cooperação ganhamos nós e o próprio OBSERVATÓRIO, mas ganha muito mais a sociedade com a convergência de nossos esforços para o bem comum da sociedade, que é um trânsito mais seguro. Isso é coerente com os objetivos do OBSERVATÓRIO e da Polícia Rodoviária Federal e, mais ainda, coerente com o que a sociedade quer e precisa.”

No mesmo sentido, Augustus Contrim, chefe do Núcleo de Educação para o Trânsito e Prevenção de Acidentes, da PRF,  considera que “o encontro foi uma grande oportunidade para alinharmos os projetos e ações do OBSERVATÓRIO com a Polícia Rodoviária Federal, numa parceria que trará grandes resultados para a redução da violência no trânsito, por meio de excelência na gestão com ações coordenadas e eficientes.”

Projetos

O Movimento Maio Amarelo, criado e coordenado pelo OBSERVATÓRIO, envolve toda a sociedade em ações sociais e educativas que buscam a redução do número de mortes em acidentes de trânsito nas vias e rodovias brasileiras que, apenas em 2014, conforme dados do DataSUS, do Ministério da Saúde, foram causa da morte de 43.780 pessoas no país. Além do significativo número de mortes, os acidentes de trânsito são responsáveis por sequelas permanentes em contingente considerável de pessoas.

Já o PGTM garante às cidades duas importantes ferramentas para ações e planejamento da gestão do trânsito com objetivo de evitar acidentes e salvar vidas: os portais de dados e estatísticas SOMA e íris, que permitem o monitoramento das ocorrências a partir de diagnóstico e análise de dados.

O PGTM disponibiliza também material para ações educativas, spots de rádio, tevê e vídeos do OBSERVAR, programa resultante de parceria entre o OBSERVATÓRIO e a Seguradora Líder-DPVAT, e material para impressão, que podem ser utilizados pelos municípios sem qualquer custo relativo à criação.

O URBANIDADE, por sua vez, propõe a construção de propostas por representantes da sociedade que se transformem, de fato, em medidas que garantam um trânsito mais seguro, baseadas em cinco eixos propostos pela ONU (Organização das Nações Unidas): infraestrutura e gestão, saúde, educação, segurança veicular e fiscalização.

Sem comentários

Escreva um comentário