Loader
OBSERVATÓRIO comenta sobre o alto índice de atropelamento de idosos no trânsito de Campinas
22822
post-template-default,single,single-post,postid-22822,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive

OBSERVATÓRIO comenta sobre o alto índice de atropelamento de idosos no trânsito de Campinas

OBSERVATÓRIO comenta sobre o alto índice de atropelamento de idosos no trânsito de Campinas

Segundo dados do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP), cerca de 25% dos pedestres que faleceram em acidentes de trânsito na cidade de Campinas (SP), tinham mais de 60 anos, conforme revela matéria do jornal “Correio Popular”; o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária comentou sobre esses dados alarmantes.

Entre janeiro e agosto deste ano, sete das 29 mortes, envolveram idosos e mais da metade dos óbitos (57%), foram à noite ou de madrugada. Os dados também revelam o perfil das vítimas: 85,7% eram homens e14,3%, mulheres. O estudo alerta que as vias municipais matam mais que as rodovias, foram 57% de mortes em ruas e avenidas, contra 43% dos envolvimentos nas rodovias.

Para o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, diversos fatores determinam esses números.

“O idoso tem uma dificuldade natural de locomoção e também de conseguir identificar se a distância e a velocidade que um carro está é suficiente ou não para que ele consiga atravessar uma via em segurança”, para Ramalho, “A imprudência também é outro problema e isso envolve não só o pedestre como também o motorista. Os dois precisam estar atentos e, principalmente, respeitar a sinalização semafórica”, completa.

Leia a matéria em: https://correio.rac.com.br/_conteudo/2019/09/campinas_e_rmc/867270-idosos-sao-potenciais-vitimas-de-atropelamentos.html

No Comments

Post A Comment