OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO divulga programa Empresa Laço Amarelo em fórum de empresários
16686
post-template-default,single,single-post,postid-16686,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO divulga programa Empresa Laço Amarelo em fórum de empresários

OBSERVATÓRIO divulga programa Empresa Laço Amarelo em fórum de empresários

Evento contou com a participação do piloto César Urnhani, embaixador do Movimento Maio Amarelo.

 

O Programa Empresa/Município Laço Amarelo, criado pelo OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, foi apresentado nesta quarta-feira, aos empresários que participaram do fórum, “Todos em prol de um trânsito mais seguro”, promovido em parceria com a Prefeitura Municipal de Indaiatuba/SP e realizado no Museu da Água da cidade.

O evento contou com palestra do piloto de testes César Urnhani, do programa AutoEsporte, da Rede Globo de Televisão. O piloto é também ‘embaixador’ do Movimento Maio Amarelo, mobilização global criada há 5 anos pelo OBSERVATÓRIO para incentivar a sociedade à conscientização e à adoção de ações práticas que visem à redução do assustador número de mortos em acidentes de trânsito.

Para o prefeito Nilson Gaspar, que abriu o evento, a cidade de Indaiatuba vai adotar medidas que reforcem o comportamento seguro no trânsito. “Precisamos diminuir o número de acidentes e feridos, além de promover a cultura da paz. Para isso, fomos buscar a parceria com o Observatório para que possamos juntos, tornar a cidade uma referência nessa área”, afirmou o prefeito.

Na apresentação, José Aurelio Ramalho, diretor-presidente da entidade, ressaltou que o objetivo dos Programas Empresa e Município Laço Amarelo que é reconhecer boas ações e permitir que empresas e governos colaborem ainda mais com projetos que visem a busca pela cultura da segurança viária.

Ramalho destacou também a importância da união entre toda sociedade para mudar o atual cenário das mortes e vítimas permanentes dos acidentes. “Além do poder público e da sociedade organizada, é preciso que cada empresário também atue como um agente transformador do comportamento, com relação ao trânsito. Com menos acidentes, todos ganham”, ressalta Ramalho.

Para César Urnhani, não existe conquista, sem esforço. “Ver os gestores municipais engajados nessa causa, preocupados com os números e principalmente buscando ajuda para melhorar é a demonstração que todos estão cientes do grave problema que os acidentes trazem para toda sociedade. Somente com a união de todos é que iremos reverter esse quadro”, disse César. Ele citou também a importância de poder contar com a expertise do Observatório na cidade. “Indaiatuba deve se orgulhar pelo trabalho que o Observatório realiza em todo país. Hoje, não há entidade mais estruturada com dados e informações sobre segurança viária do que o Observatório”, concluiu.

O encontrou contou também com vários secretários municipais e imprensa.

Sem comentários

Escreva um comentário