OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO e CETRAN-GO firmam acordo de cooperação técnica
6623
post-template-default,single,single-post,postid-6623,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO e CETRAN-GO firmam acordo de cooperação técnica

OBSERVATÓRIO e CETRAN-GO firmam acordo de cooperação técnica

Formalização garante acesso ao Programa de Gestão do Trânsito Municipal (PGTM) desenvolvido pelo ONSV

O ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) firmou acordo de cooperação técnica com o CETRAN – Conselho Estadual de Trânsito de Goiás, pelo qual disponibiliza seu Programa de Gestão do Trânsito Municipal (PGTM) para ser utilizado em todas as cidades daquele estado, contribuindo, desse modo, para viabilizar o incentivo à municipalização do trânsito nos municípios goianos.

O Programa garante às cidades duas importantes ferramentas para ações e planejamento da gestão do trânsito com o objetivo de evitar acidentes e salvar vidas no trânsito: SOMA e íris. As duas ferramentas foram desenvolvidas pelo OBSERVATÓRIO e permitem o monitoramento das ocorrências a partir do diagnóstico e análise dos dados. Assim, as cidades podem atuar com mais efetividade na segurança viária.

O S.O.M.A é um programa de gestão de dados que reúne informações de órgãos privados, como, por exemplo, o DPVAT. Já o íris é um portal com estatísticas de órgãos públicos, como o IBGE e DataSUS, que tem como objetivo socializar as informações para todas a população.

Além deles, o PGTM disponibiliza material para ações educativas, como spots de rádio, tevê, vídeos do Observar (parceria entre o ONSV e a Seguradora Líder-DPVAT), material educativo impresso, que podem ser utilizados sem qualquer custo de criação pelos municípios. No material impresso, inclusive, o município pode imprimir seu brasão ou marca da Administração.

A importância do acordo, na avaliação de Horácio Mello e Cunha Santos, se dão pelo fato de contribuir para a celeridade da municipalização do trânsito na circunscrição que compete ao Cetran. Ele avalia a cooperação técnica com o OBSERVATÓRIO como inegável conquista para a eficiência, segurança e tecnicidade de cada município, que passará a ter acesso à ferramentas já construídas e a conteúdos didáticos desenvolvidos por profissionais especializados em segurança viária e veicular.

Diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, José Aurélio Ramalho, considera a formalização do acordo como importante passo para que o CETRAN possa ajudar os municípios no gerenciamento do trânsito em todas as áreas que o compreendem o trânsito seguro, qual sejam, educação, engenharia e fiscalização.

Sem comentários

Escreva um comentário