OBSERVATÓRIO | Observatório participa da 58º Encontro da AND
17565
post-template-default,single,single-post,postid-17565,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Observatório participa da 58º Encontro da AND

Observatório participa da 58º Encontro da AND

Reunião aconteceu em São Paulo e contou a presença de quase todos os Detrans do país

Foi realizado nos dias 28 e 29 de setembro, em São Paulo-SP, o 58º Encontro da AND (Associação Nacional dos Detrans), reunindo técnicos e dirigentes para discutir questões ligadas aos órgãos e a gestão do trânsito no país. No 2º dia do evento, o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurélio Ramalho fez uma apresentação sobre o trabalho realizado pela entidade.

Na mesa da abertura do evento, coordenada pelo presidente da AND, Antônio Carlos Gouveia, que também é diretor-presidente do Detran-AL, teve também a presença do secretário estadual de Planejamento e Gestão, Marcos Antonio Monteiro, que representou o governador Geraldo Alckmin; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris; o deputado federal Arnaldo Faria de Sá; o promotor público Fernando Célio Brito; e o coronel da Polícia Militar Marcelo José Rabello Viana, comandante do Comando de Policiamento de Trânsito de São Paulo, além de representantes de sindicatos e entidades do setor.

Ramalho fez a apresentação no 2º dia do Encontro e mostrou o estudo inédito do OBSERVATÓRIO sobre a segurança dos pedestres em todos os Estados. O trabalho ainda não foi publicado, mas já causou boa surpresa entre os diretores de Detrans de todo país que acompanharam a explanação.

Além disso, Ramalho também apresentou o Programa Entidade Laço Amarelo que certificará as entidades engajadas com a segurança viária. “Nossa intenção é fazer com que todas as entidades voltem também os esforços para reduzir o número de vítimas do nosso trânsito. Se todos trabalharem na mesma direção: poder público, iniciativa privada e sociedade civil organizada, vamos reduzir esse número que é vergonhosos”, explicou o diretor-presidente.

Entre os assuntos também discutidos no Encontro foi o atual processo de formação de condutores que, pela primeira vez nas reuniões da AND, contou com a presença de representantes da Feneauto (Federação Nacional das Autoescolas e Centros de Formação de Condutores) e também sindicatos estaduais.

Com relação a um dos pontos da proposta que está sendo discutida no Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) sobre o aumento da carga horária para os candidatos à CNH (Carteira Nacional de Habilitação), a AND se posicionou contrária a essa proposta, diferentemente do OBSERVATÓRIO que acredita que, somente uma boa formação do nosso condutor poderá, a médio prazo, reduzir o elevado número de mortos e feridos no trânsito de todo país.

Sem comentários

Escreva um comentário