OBSERVATÓRIO | OBSERVATÓRIO traça cenário do trânsito durante evento em Brasília
7236
post-template-default,single,single-post,postid-7236,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

OBSERVATÓRIO traça cenário do trânsito durante evento em Brasília

OBSERVATÓRIO traça cenário do trânsito durante evento em Brasília

Imagens de acidentes, suas causas, consequências e custos gerados foram abordados em palestra de José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do ONSV

O cenário dos acidentes de trânsito no Brasil foi abordado pelo diretor-presidente do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária – ONSV, José Aurelio Ramalho, em palestra nesta quarta-feira, 21 de setembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

A participação se deu durante evento que integrou a  45ª RAPv  – Reunião Anual de Pavimentação, o 19º ENACOR – Encontro Nacional de Conservação Rodoviária, da 5ª  Expopavimentação e o 1º Fórum de Pavimentação de Trânsito e de Mobilidade, promovido em parceria entre o DER/DF (Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal), a ABDER (Associação Brasileira dos Departamentos Estaduais de Estradas de Rodagem) e a ABPv(Associação Brasileira de Pavimentação).

Em sua exposição, Ramalho apresentou programas e propostas do OBSERVATÓRIO voltadas à redução dos acidentes e das mortes no trânsito brasileiro, como o Programa de Gestão de Trânsito Municipal (PGTM) desenvolvido pelo ONSV e capaz de colaborar com as autoridades municipais para a adoção de medidas que levem à redução de acidentes em suas cidades.

Outra ação apresentada pelo diretor-presidente foi a Agenda Positiva, calendário elaborado pelo ONSV, no qual a cada mês um tema relativo à segurança viária é escolhido para reflexão e subsidiado por peças educativas , como folheto, vídeo, boletim de rádio e quadro para ser usado em circuito internos de tevê, peças publicitárias entre outros, todos disponibilizados gratuitamente aos interessados em divulgá-los. Além deles abordou também os cursos EADs produzidos e disponibilizados pelo ONSV.

Numa apresentação visual, mostrou as participantes do evento imagens de acidentes de trânsito, suas causas e consequências, assim como os custos sociais e financeiros que eles representam, destacando que apenas em 2014, segundo dados do Ministério da Saúde, os acidentes demandaram gastos da ordem de R$ 56 bilhões.

Aos participantes apresentou também conceitos do Projeto URBANIDADE, elaborado pelo ONSV  com vistas ao trânsito seguro,  e que conta com o apoio da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro. O URBANIDADE  se fundamenta nos cinco eixos estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) para a Década Mundial de Ações para a Segurança Viária – 2011/2020: infraestrutura e gestão, fiscalização, saúde, educação e segurança veicular.

Sem comentários

Escreva um comentário