Entrevista

FALTA DE MOBILIDADE URBANA PREJUDICA MORADORES DE BAURU/SP

Centro urbano é um dos mais populosos do Centro-Oeste paulista e, cada vez mais, lida com as consequências da falta de investimento em mobilidade espacial

Escrito por Portal ONSV

07 JUL 2023 - 11H16

O Jornal Contexto, da região de Bauru, no interior do estado de São Paulo, produziu uma reportagem especial na última quarta-feira (05), sobre a falta de mobilidade urbana e como resultado, criando desigualdades que afetam a convivência interpessoal, a manutenção de vínculos empregatícios, o lazer e até mesmo a sobrevivência. Pedro Borges, head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária foi consultado pela reportagem para comentar esse tema.

A reportagem também aborda questões de acessibilidade, como os desafios de locomoção no município, que podem ser maiores quando o público tem limitação do funcionamento completo ou parcial do corpo, ou ainda, se insere em um contingente cujo envelhecimento acarreta doenças crônicas e perda de habilidades motoras. Já que, muitas vezes, as construções viárias são estabelecidas pensando em um fluxo de pessoas sem deficiência (PsD) e em idade trabalhista.

Quando se fala em mobilidade, a funcionalidade do trânsito é um parâmetro essencial. Com o aumento da aquisição de veículos próprios, é preciso pensar em sinalização, fluxo viário e conscientização de motoristas. “Atualmente, o planejamento da mobilidade urbana deve garantir a segurança dos usuários do sistema e também considerar as questões de sustentabilidade e acessibilidade da população aos sistemas de transporte, conforme as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana”, argumentou Pedro Borges.

O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO ressaltou ainda a importância de uma infraestrutura que pense na interação entre diferentes tipos de transporte: “o planejamento das cidades deve considerar e prever os conflitos entre os modais mais prevalentes, como o automóvel, e os modais menos seguros, como motocicletas, bicicletas e pedestres. Essas medidas podem vir em forma de adequações e melhorias na infraestrutura viária (ruas, calçadas, ciclovias, faixas exclusivas), na sinalização (faixas de pedestres) e na mudança de normas e aspectos operacionais, como a redução dos limites de velocidade e inserção de fiscalização eletrônica de velocidade”, explicou.

Leia a reportagem completa: https://contextojornalismo.com/2023/07/05/na-contramao-dos-direitos-humanos-a-falta-de-mobilidade-urbana-imobiliza-o-acesso/

Maio_Amarelo_psicologia_do_transito_comportamento_seguro
Observadores Certificados

Maio Amarelo, Psicologia do Trânsito e comportamento seguro

Na última segunda-feira (13), a Psicóloga do Trânsito e Observadora Certificada, Fernanda Prado, participou do programa Auto Papo, apresentado por Ney Rodrigues, na Rádio Bella FM (98,7), localizada no município de Cláudio, em Minas Gerais. O programa teve como tema o Movimento Maio Amarelo, abordando a sua origem, a quem se destina, a sua aplicabilidade e a importância do tema escolhido este ano, “Paz no Trânsito começa por Você”. Na oportunidade, também foi apresentado o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e falou-se sobre a Psicologia do Trânsito.

Live_Maio_Amarelo_programa_educa_pocos_de_caldas_mg
Observadores Certificados

Professores de escolas integrantes do Programa Educa em Poços de Caldas/MG promovem live sobre o Maio Amarelo

Foi realizada no início do mês de maio, a live “Maio Amarelo: paz no trânsito começa por você”, promovida pelo Centro de Referência do Professor – Cerpro, de Poços de Caldas, Minas Gerais, e transmitida pelo YouTube. O evento contou com a participação da Pedagoga, Observadora Certificada e integrante da equipe de coordenação do Programa Educa, Stefania Alvise; da Supervisora Pedagógica da SME (Secretaria Municipal de Educação), Débora Rita da Silva; e da Agente de Trânsito, Rebecca Job.

CCRSPVias_reforca_acoes_de_conscientizacao_durante_maio_amarelo
Matérias

CCR SPVias reforça ações de conscientização sobre trânsito seguro neste Maio Amarelo

Como parte da programação da CCR Rodovias neste Maio Amarelo – mês dedicado à conscientização sobre a importância da redução dos sinistros de trânsito, a CCR SPVias, responsável pela administração das principais rodovias do Sudoeste Paulista, realizará ao longo deste mês, diversas ações com o objetivo de sensibilizar os públicos que utilizam as rodovias, como motoristas, motociclistas, pedestres, caminhoneiros, sobre a importância da adoção do comportamento seguro.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Entrevista

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.