Matérias

Artigo do ONSV em revista da CNT trata da meta para redução de mortes no trânsito

Escrito por Portal ONSV

24 MAI 2016 - 11H04

Análise foi feita pelo engenheiro Paulo Guimarães, diretor-técnico do OBSERVATÓRIO, que indica participação de órgãos públicos, privados e da sociedade, com fundamental

O cumprimento pelo Brasil da meta proposta pela ONU (Organização das Nações Unidas), de redução de 50% do número de mortos em acidentes de trânsito até 2020, foi tema de um artigo do engenheiro Paulo Guimarães, diretor-técnico do ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), publicado na  revista CNT Transporte Atual.

Nele, Guimarães destaca que, ‘decorridos cinco anos do início da Década de Ações para Segurança no Trânsito, ainda é difícil saber se o Brasil atingirá a meta, apesar de ser signatário do acordo internacional. E lembra que o país não estabeleceu uma ‘meta concreta’ nesta direção. Guimarães destaca ainda que ‘o início de qualquer bom planejamento passa pela execução de um bom diagnóstico”.

E que, apesar de a ONU reconhecer como confiáveis as estatísticas brasileiras, e o país ter, de fato, boa base do ponto de vista nacional, o Brasil é um país com características bastante regionalizadas e isso se reflete tanto no comportamento dos usuários quanto na capacidade de gestão e atuação do poder público para a redução de acidentes, tornando prejudicado o diagnóstico dos fatores de risco regionais.

Ainda assim, lembra o diretor do ONSV, o Brasil elaborou dois grandes projeto desde a sanção do Código de Trânsito Brasileiro, em 1997. O primeiro, a instituição da Política Nacional de Trânsito, que, por meio de 54 ações prioritárias, estabeleceu metas para a redução de acidentes que, ao longo do tempo, não foram priorizadas e atingidas. Destaca também o fato de o Plano Nacional de Redução de Acidentes e Segurança Viária que, apesar de bem elaborado, jamais saiu do papel.

No artigo, Guimarães ressalta ainda como fatores prejudiciais ao cumprimento da meta estabelecida pela ONU, a falta de compromisso de gestores públicos, da iniciativa privada e, acima de tudo, da própria sociedade, que precisa compreender que seu comportamento individual afeta o coletivo. E conclui avaliando que, ‘se o assunto for realmente levado à sério nessas três esferas, passaremos a entender que cada um de nós tem a sua parcela de contribuição. Só assim entraremos no rumo certo para tornar o trânsito brasileiro mais seguro, ético e cidadão”.

Seminario_de_prevencao_de_uso_de_alcool_e_drogas
Observadores Certificados

Seminário de Prevenção do uso do Álcool e outras Drogas no Trânsito em Minas Gerais tem palestra de representante do OBSERVATÓRIO

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) por meio da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (Supod) realizou no final de maio, o Seminário de Prevenção do uso do Álcool e outras Drogas no Trânsito. O evento, realizado no auditório da Escola de Formação e Aperfeiçoamentos de Sargentos da Polícia Militar de Minas Gerais, em Belo Horizonte, contou com a presença do Observador Certificado e representante do Movimento Maio Amarelo em Minas Gerais, Alexander Magalhães.

Observadores_certificados_tomam_posse_cetran_mg
Observadores Certificados

Observadores Certificados tomam posse junto ao Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais

No dia 23 de abril, foi realizada a posse dos novos membros do Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Cetran-MG). Na ocasião foram empossados como conselheiros os Observadores Certificados Alexander Ferreira de Magalhães e Kenedy Santos Pereira. A cerimônia ocorreu no Palácio Tiradentes na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, e contou com a presença da Secretária de Estado e Planejamento e Gestão, Luísa Cardoso Barreto, presidente do colegiado, do Chefe da Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG), antigo Detran-MG, Lucas Vilas Boas Pacheco, conselheiros empossados e integrantes da equipe administrativa do colegiado.

Observatorio_debate_sobre_desafios_perspectivas_seguranca_viaria_encontro_esg
Matérias

OBSERVATÓRIO debate sobre desafios e perspectivas da Segurança Viária em Encontro ESG

Com o objetivo de fomentar práticas mais sustentáveis, responsáveis, éticas e alinhadas aos valores do ESG (Ambiental, Social e Governança) no setor, o Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região) realizou nos dias 05 e 06 de junho, o Encontro ESG: Desafios e Oportunidades no Transporte de Cargas, durante a Jornada de Sustentabilidade. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, esteve entre os debatedores do Painel Segurança Viária ou do Trabalho desafios e perspectivas.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.