Matérias

Checar previsão do tempo antes de viajar é boa ideia

Escrito por Portal ONSV

06 DEZ 2016 - 14H04

Dezembro é mês de chuvas torrenciais que podem colocar em risco o trânsito nas rodovias, mesmo se as condições mecânicas do veículo estiverem boas

Que dezembro é mês em que ocorrem chuvas torrenciais em boa parte do território brasileiro, todos sabem. Neste período do ano, com a chegada das festas natalinas, do Révéillon, e das férias, quem for viajar deve estar atento não apenas às condições mecânicas do veículo, mas também às condições do clima.

Afinal, uma viagem segura e sem percalços depende também dos cuidados de quem vai viajar, já que conduzir um veículo sob chuva forte pode se tornar uma tarefa árdua se a atenção do motorista não estiver unicamente concentrada no ato de dirigir. Portanto, como as chuvas intensas são comuns nesta época do ano, o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária – ONSV orienta que, antes de pegar a estrada, é aconselhável verificar a previsão do tempo, que poderá indicar em que condições climáticas a viagem se dará.

É sabido também que as chuvas podem comprometer a visibilidade do motorista. Mas o risco vai além deste, porque elas, igualmente, podem provocar, em regiões de serra, desabamento de encostas, o que é extremamente perigoso para quem trafega pela pista. Do mesmo modo, chuva deixa a pista escorregadia e pode comprometê-la, ainda, com barro ou areia.

Reduzir a velocidade e manter distância de segurança em relação ao veículo que vai à sua frente é uma das principais atitudes de um motorista consciente. Manter os faróis baixos ligados e tornar-se mais visível para os outros condutores, também. O bom estado dos limpadores de para-brisa, essenciais em dias de chuva, assim como do desembaçador, também contam muito para a segurança da viagem em condições de chuvas.

O condutor do veículo deve, da mesma forma, adotar uma postura defensiva e antecipar-se às situações de risco, por exemplo, freando antes do tempo em que faria se caso as condições climáticas fossem normais. Isso porque em pista molhada a aderência dos pneus é reduzida e o tempo de frenagem pode ser até 50% superior ao necessário em pista seca.

No caso de a chuva ser, de fato, muito mais intensa ao ponto de comprometer a viagem apesar de todos os quesitos relativos à segurança terem sido cumpridos, procure um local adequado, saia da estrada e espere o tempo que for necessário para voltar com segurança à pista.

Serie_transitando_qual_a_sua_contribuicao_para_um_transito_seguro
Matérias

Série Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?

O telejornal Meio-Dia Paraná, da RPC, afiliada à TV Globo, realizou na última semana uma série com cinco reportagens sobre comportamento no trânsito. “Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?”, contou com a participação do professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, explicando questões relacionadas ao comportamento das pessoas e influências diretas no trânsito.

Observatorio_participa_segunda_edicao_esg_energia_negocios_ibp
Matérias

OBSERVATÓRIO participa da 2ª Edição do ESG Energia e Negócios do IBP

Com o objetivo de colaborar para que a sociedade avance em direção a um futuro energético de baixo carbono, o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) realiza a 2ª edição do “ESG Energia e Negócios” nos dias 27 e 28 de maio, em Copacabana, no Rio de Janeiro. O presidente do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, participou da abertura do evento, falando dos atuais números do trânsito no Brasil, dos avanços do Movimento Maio Amarelo e do Programa Laço Amarelo. Além disso, Ramalho também entregou a placa de Mantenedor Social ao IBP durante o encontro que reúne cerca de 500 pessoas.

Observadora_Certificada_ministra_palestra_durante_seminario_programa_vida_no_transito
Observadores Certificados

Observadora Certifica ministra palestra durante Seminário do Programa Vida no Trânsito

A Observadora Certificada e representante do Maio Amarelo em Goiás, Elizabeth Gandara, ministrou uma palestra sobre o Movimento Maio Amarelo no dia 15 de maio, durante o Seminário do Programa Vida no Trânsito, realizado no auditório do Paço Municipal do município de Senador Canedo, no estado de Goiás.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.