Matérias

Farol baixo: governo recorre da suspensão de fiscalização

Escrito por Portal ONSV

15 SET 2016 - 11H50

Recurso foi encaminhado pela AGU ao próprio juiz que concedeu a liminar; teor do documento não foi divulgado por ‘estratégia processual’

O governo federal recorreu nesta quarta-feira, 14 de setembro, da decisão do juiz federal Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, que suspendeu no início do mês a aplicação de multa sobre os motoristas que trafegarem sem o farol baixo ligado durante o dia, conforme determina a lei 13.290/2016. O recurso, ao contrário do que normalmente ocorre, foi encaminhado ao próprio Borelli, solicitando que ele reconsidere sua decisão anterior. As informações são da Agência Brasil.

Na avaliação do juiz no momento da suspensão da aplicação de multas, ele considerou que os condutores de veículos não podem ser penalizados pela falta de sinalização sobre a localização das estradas. A aplicação de multas e mesmo a decisão da obrigatoriedade do farol baixo durante o dia gerou polêmica desde o início da fiscalização.

Embora o teor do recurso não tenha sido divulgado pela AGU (Advocacia Geral da União), segundo o órgão, por conta de estratégia processual, o argumento usado pelo governo logo após a suspensão da aplicação de penalidades, para questionar a decisão de Borelli foi o de que a liminar não leva em consideração o bem coletivo e a segurança no trânsito.  O recurso do governo não tem prazo para ser examinado pelo juiz.

Univasf_recebe_comite_regional_prevencao_acidentes_moto
Observadores Certificados

Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco/PE recebe Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto

O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco (HU-Univasf), em Pernambuco, recebeu, no final de maio, a visita de um grupo de membros do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) e representantes do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e do Observatório de Segurança Pública do Município de Petrolina. O objetivo foi mostrar in loco, a partir dos fluxos de atendimentos e internações no Hospital, as repercussões dos sinistros de transporte terrestre para a saúde pública. O HU-Univasf é um dos 45 hospitais gerenciados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

SP2_330_pessoas_morreram_atropeladas_na_capital_de_sao_paulo_em_2023
Matérias

330 pessoas morreram atropeladas na capital de São Paulo em 2023

O SP2, telejornal da TV Globo, da última quinta-feira (13), alertou sobre o crescente risco no trânsito para os pedestres na capital e Grande São Paulo. Somente em 2023, 330 pessoas morreram atropeladas na capital paulista. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, reforçou a necessidade de investimento em campanhas de educação para o trânsito durante a reportagem.

Observador_certificado_ministra_palestra_camara_de_vereadores_de_sao_borja_rs
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra sobre segurança viária na Câmara de Vereadores de São Borja/RS

A palestra “Trânsito (in)seguro: Responsabilidades Compartilhadas”, foi ministrada no plenário da Câmara de Vereadores do município de São Borja, no Rio Grande do Sul, pelo Observador Certificado e representante do Maio Amarelo 2024, Eduardo Cadore, no final do mês de maio.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.