Matérias

Maio Amarelo é lembrado no Caldeirão do Huck

Escrito por Portal ONSV

09 NOV 2015 - 14H47

No sábado, dia 7, Mobilização foi um dos temas numa disputa promocional, que premia famílias com R$ 1 milhão

O Maio Amarelo, mobilização internacional abraçada por mais de 20 países no mundo, que tem berço no Brasil, na cidade de Indaiatuba, onde foi lançada pelo ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária), ganhou uma importante repercussão no fim de semana, na Rede Globo.

O Programa Caldeirão do Huck, na edição do dia 7/11, com ampla audiência no sábado, à tarde, na TV brasileira, destacou o Movimento, dentro da disputa de conhecimentos gerais, uma das provas de uma promoção, na qual o Caldeirão com a empresa líder mundial de alimentos e bebidas, premiam com 1 milhão a família vencedora.

As famílias, nesta disputa, precisam acumular o maior número de pontos nas três provas que garantem o prêmio: prova de Habilidade, Jogo da Memória e uma disputa de Conhecimentos Gerais.

"12189945_1699482563614958_195254950431223122_n"

O Maio Amarelo foi citado quando Huck questionou sobre a iluminação amarela do Cristo Redentor. A pergunta feita pelo apresentador foi: “Em maio deste ano, o Cristo Redentor no Rio ganhou uma iluminação especial que o deixou amarelo. Qual foi o motivo?” A resposta certa, entre as alternativas, era: Apoio à campanha pela segurança no trânsito.

“Considerando que acabamos de vivenciar o Outubro Rosa e iniciamos o Novembro Azul, ter o Maio Amarelo escolhido para ser lembrado foi uma grande honra para todo o Movimento, pois todos sabemos da audiência do programa e a importância da nossa mobilização estar sempre na mídia. Foi uma grata surpresa”, afirma o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, José Aurélio Ramalho, que já participou do Caldeirão em outra ocasião.

Univasf_recebe_comite_regional_prevencao_acidentes_moto
Observadores Certificados

Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco/PE recebe Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto

O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do Francisco (HU-Univasf), em Pernambuco, recebeu, no final de maio, a visita de um grupo de membros do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) e representantes do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e do Observatório de Segurança Pública do Município de Petrolina. O objetivo foi mostrar in loco, a partir dos fluxos de atendimentos e internações no Hospital, as repercussões dos sinistros de transporte terrestre para a saúde pública. O HU-Univasf é um dos 45 hospitais gerenciados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

SP2_330_pessoas_morreram_atropeladas_na_capital_de_sao_paulo_em_2023
Matérias

330 pessoas morreram atropeladas na capital de São Paulo em 2023

O SP2, telejornal da TV Globo, da última quinta-feira (13), alertou sobre o crescente risco no trânsito para os pedestres na capital e Grande São Paulo. Somente em 2023, 330 pessoas morreram atropeladas na capital paulista. O CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, reforçou a necessidade de investimento em campanhas de educação para o trânsito durante a reportagem.

Observador_certificado_ministra_palestra_camara_de_vereadores_de_sao_borja_rs
Observadores Certificados

Observador Certificado ministra palestra sobre segurança viária na Câmara de Vereadores de São Borja/RS

A palestra “Trânsito (in)seguro: Responsabilidades Compartilhadas”, foi ministrada no plenário da Câmara de Vereadores do município de São Borja, no Rio Grande do Sul, pelo Observador Certificado e representante do Maio Amarelo 2024, Eduardo Cadore, no final do mês de maio.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.