Matérias

Não se arrisque nas férias! Confira orientações sobre ultrapassagens

Escrito por Portal ONSV

11 JAN 2016 - 11H51

Neste período em que muita gente pega a estrada em viagens de férias, uma grande preocupação são os perigos com ultrapassagens. Ultrapassagens são manobras que podem trazer grandes riscos de acidentes e só devem ser realizadas em lugares permitidos, com boa visibilidade e nos quais o motorista tenha plena certeza de que pode realizá-las com segurança. Afinal, qualquer erro de cálculo pode resultar em colisões frontais que são aquelas que podem gerar lesões mais graves ou fatais.

Uma das principais orientações para executar esse tipo de manobra é estar atento à sinalização – as chamadas faixas dupla-amarela, que são faixas contínuas duplicada no asfalto, indicam que nesse trecho viário não deve ser feita a ultrapassagem. O motorista também deve ter cuidado em trechos como subidas, nos quais a aceleração é sempre reduzida; ou próximo à curva, onde a visibilidade não é adequada.

Em situações, nas quais o motorista se deparar com faixas dupla, sendo uma linha contínua e a outra seccionada, fica liberada a ultrapassagem do lado da linha seccionada e impedida a ultrapassagem para quem estiver na linha contínua.

O ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) também alerta para os riscos de ultrapassagens em situações adversas como em neblina e sob chuva, com pista escorregadia.

Para a entidade de Segurança Viária, em ultrapassagens, o motorista não pode deixar de sinalizar suas intenções: usar a seta, antes de iniciar a mudança de faixa; e ao retornar na posição anterior, verificar no retrovisor se existe distância de segurança do veículo ultrapassado.

O OBSERVATÓRIO destaca que algumas situações não permitem ultrapassagens como, por exemplo, ao se deparar com uma fila de veículos ou tentar ultrapassagem pela direita. Nestas duas situações, o motorista, além de impor grande risco aos outros e a si próprio, poderá ser multado. A infração é gravíssima.

O melhor sempre é não se arriscar, alerta o OBSERVATÓRIO. “Em situações, nas quais você iniciou uma ultrapassagem e percebe que não conseguirá conclui-la com segurança, desacelere e volte a sua posição na via. Nunca force a barra, pois poderá causar acidentes.”

O tema “ultrapassagens” também é de grande interesse para a Segurança Viária e para abordá-lo de forma mais ampla, o OBSERVATÓRIO produziu um vídeo para ajudá-lo a só executar essa manobra sem perigo. Assista agora:

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.