Matérias

OBSERVATÓRIO alerta para a segurança na volta às aulas

Escrito por Portal ONSV

27 JAN 2016 - 09H25

Em muitas cidades do Brasil, a volta às aulas tem início na rede particular nesta semana. Em algumas escolas, as férias só terminam na próxima segunda, dia 1º de fevereiro; e na rede pública estadual, em São Paulo, os alunos voltam às salas de aula só depois do Carnaval.  Mas início de ano letivo é tempo de abordar a questão do transporte das crianças e adolescentes e também falar sobre segurança nos deslocamentos.

Hoje, nos grandes centros a maioria das crianças acessa a escola por meio do transporte escolar; pois os pais delegam essa tarefa aos condutores de vans e micro-ônibus escolares que têm uma grande responsabilidade com a segurança e a vida dessas crianças.

Esse é um serviço considerado de interesse social e por isso está sujeito às regras que são definidas pelas Administrações Municipais/prefeituras das cidades, que inclusive respondem pela vistoria desses veículos, autorizando a sua circulação. Entretanto, existem regras de conduta básicas que todo transportador deve cumprir no transporte de crianças.

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária destaca os principais pontos que devem ser observados pelos pais e assegurados pelos transportadores:

- Respeito à quantidade dos assentos para definir o número de crianças que serão transportadas. Não devem ser admitidas em hipótese alguma superlotações nas vans e micro-ônibus do transporte escolar.

- A manutenção dos veículos e verificação se a van passou pela vistoria obrigatória são pontos importantes para a segurança.

- Os condutores devem realizar o embarque e desembarque dos escolares pela direita, sempre do lado da calçada;

- A checagem do uso do cinto de segurança pelas crianças deve ser feita, antes mesmo dele dar a partida no veículo.

- Ao transportar crianças a responsabilidade e a prudência ao dirigir devem ser redobradas, evitando-se distrações com os celulares ou mesmo com as crianças;

- O condutor de escolares deve respeitar às Leis de Trânsito, sobretudo evitando infrações comuns nos entornos das escolas como paradas duplas e estacionamentos irregulares, ainda que seja para embarques e desembarques rápidos.

Enfim, os pais têm direito e dever de cobrar segurança e qualidade do transporte contratado para o deslocamento de seus filhos, sendo verdadeiros fiscais dos condutores, para denunciar aos órgãos competentes qualquer irregularidade constatada sobre excesso de lotação, mau estado de conservação do veículo e postura inadequada dos motoristas, defende o OBSERVATÓRIO.

Outro alerta importante aos pais: se os filhos vão à escola caminhando ou de bicicleta é importante dialogar com eles sobre escolhas seguras e cuidados na circulação, sobretudo nas travessias, para evitar atropelamentos. É importante lembrar que a conscientização é sempre a melhor forma de prevenir acidentes.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.