Matérias

Observatório atualiza dados da OMS sobre Trânsito e acidentes no Brasil

Escrito por Portal ONSV

16 NOV 2015 - 16H49

Material será disponibilizado na 2ª Conferência Global e no site Do ONSV

Para ver o folheto, clique aqui.

Quem visitar o stand do ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária), durante os dois dias da 2ª Conferência Global de Alto Nível em Segurança no Trânsito: Tempo de Resultados, em Brasília, e todo público interessado em dados sobre o cenário do trânsito no país, terão acesso a uma série de informações sobre a segurança viária que acabaram de ser atualizados pela entidade. Os dados são da OMS (Organização Mundial de Saúde) e serão importante documento de referência e consulta para os profissionais da área e toda a sociedade, além das delegações estrangeiras.

Todas essas informações poderão ser acessadas no próprio site do  OBSERVATÓRIO ou por meio de um folheto, que poderá ser adquirido no stand da entidade, na 2ª Conferência.

O documento do OBSERVATÓRIO traz, entre outros destaques, os dados do Brasil dentro do Relatório Global da OMS (Organização Mundial de Saúde), com abordagem da Estrutura Institucional do país, Informações sobre Vias e Mobilidade, sobre a Segurança Veicular ou da frota, com frota atualizada no primeiro semestre de 2015, os cuidados existentes no país em situações de pós-acidente e dados de mortes, destacando custos, taxas atuais e projeção para 2014.

O trabalho do OBSERVATÓRIO também contempla uma leitura sobre a legislação existentes nesta área como, por exemplo, se o país conta com leis voltadas para ampliação da segurança dos usuários da via, entre elas, a de limites de velocidade, proibição de uso de bebidas na direção, obrigatoriedade do cinto de segurança, do uso de cadeirinhas e de capacetes para usuários de motos.

Ainda nesta parte do documento, outros dados disponibilizados fazem referência às mortes por tipo de usuário da via, apresentam uma série histórica dos últimos 10 anos sobre a fatalidade no trânsito, incluindo projeção para 2014.

Além disso, o OBSERVATÓRIO divulga comparativos sobre mortes no período de 2003 e 2013, com mapas para facilitar a visualização.

Para aprofundar ainda mais o cenário do trânsito no país, a entidade publica neste documento, informações sobre população, frota, mortes, custos dos acidentes de trânsito e condições das rodovias em todo o país. As informações estão regionalizadas o que permite comparativos daqueles que acessarem o material.

De acordo com Paulo Guimarães, diretor-técnico do Observatório, a entidade quis oferecer um retrato sobre o cenário do trânsito e da segurança, principalmente, neste momento em que delegações de todo o mundo visitam o país na 2ª Conferência e estão em busca dessas informações. “Acreditamos que vamos facilitar o trabalho e pesquisa dos interessados”, afirmou.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.