Matérias

OBSERVATÓRIO prepara ações para a Semana Mundial de Segurança

Escrito por Portal ONSV

07 ABR 2017 - 12H53

Tema do evento neste ano é Salve Vidas, reduza a velocidade; atividades vão de 8 a 14 de maio

O OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária já prepara ações de adesão à 4 ª Semana Mundial de Segurança, programada pelo ONU (Organização das Nações Unidas), que será realizada de 8 a 14 de maio. A semana tem como tema neste ano a gestão da velocidade, com o mote Salve Vidas, reduza a velocidade (Save Lives#Slow Dow).

O tema, inclusive, é bastante oportuno para o Brasil (e para as Américas), uma vez que a velocidade excessiva/inapropriada é um dos principais fatores de risco para lesões e mortes no trânsito, contribuindo para mais da metade dos acidentes fatais em países de baixa e media renda, destaca José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO.

A 4ª Semana de Segurança no Trânsito tem por objetivo aumentar a conscientização sobre as consequências da velocidade excessiva no trânsito e os benefícios de reduzi-la. Busca ainda promover soluções baseadas em evidências para a gestão da velocidade, dirigida a instâncias normativas e executivas, e obter dos gestores e demais encarregados das politicas de segurança viária o comprometimento na busca de soluções para esse problema, ao fim da Semana Mundial.    

As atividades em adesão à Semana Mundial, de acordo com a ONU, podem se dar em forma de caminhadas, passeios, palestras, entrevistas, debates, mídias sociais, concursos, seminários ou mesas redondas chamando atenção sobre o tema. Outra atividade sugerida pela Organização são intervenções de moderação de tráfego em algumas ruas, com apoio das autoridades locais. 

Parceira no evento, a OMS (Organização Mundial da Saúde) desenvolveu um website: www.unroadsafetyweek.org, no qual é possível encontrar detalhes sobre porquê e como reduzir a velocidade, além de material audiovisual para divulgação, textos informativos, infográficos, ideias, experiências, soluções, e demandas para instâncias normativas e decisórias.

O site traz também espaço para registrar online as atividades que ocorrerão em todo o mundo.  Na página é possível, ainda, baixar os cartazes com as logos nas cinco línguas das ONU e  para você postagem de foto da pessoa,  da sua equipe, de amigos e colegas integrados à  campanha. No cartaz é estimulado que o participante escreva o porquê e por quem você reduziria a velocidade.

Cerca_de_62_pessoas_envilvidas_em_sinistros_de_transito_no_rio_de_janeiro_em_2023
Observadores Certificados

Cerca de 62 pessoas envolvidas em sinistros de trânsito por dia no Rio de Janeiro em 2023

O telejornal Bom Dia Alerj da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), de hoje (21), apresentou uma reportagem sobre violência no trânsito nos grandes centros urbanos e destacou uma pesquisa que classifica o estado do Rio de Janeiro entre os três com os motoristas mais rudes do Brasil. O especialista em Gestão e Direito de Trânsito e Observador Certificado, Maicon de Paula, foi consultado e defendeu a Educação para o Trânsito como instrumento para diminuir a violência no trânsito.

Regiao_do_grande_abc_registra_mes_de_maio_mais_letal_desde_2015
Observadores Certificados

Região do Grande ABC registra o mês de maio mais letal no trânsito desde 2015

A edição de ontem (20), do Diário do Grande ABC, em São Paulo, destacou que apesar do mês de maio ser marcado como uma época de conscientização para a segurança no trânsito, a Região do Grande ABC registrou o mais letal no trânsito desde 2015. O Observador Certificado Regis Frigeri foi consultado pela reportagem para falar sobre a eficácia das campanhas anuais de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo diante do aumento de sinistros de trânsito.

Faixa_azul_deve_chegar_a_200km_na_cidade_de_sao_paulo_ate_o_final_do_ano
Matérias

Faixa Azul deve chegar a 200 km na cidade de São Paulo até o final do ano

A Faixa Azul é um projeto da prefeitura de São Paulo que cria uma pista exclusiva para motos em avenidas movimentadas da cidade. Iniciada em 2022, teve rápida expansão para se tornar uma bandeira eleitoral e deve chegar a 200 quilômetros no fim do ano. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, foi um dos especialistas que falou ao Globo na última quarta-feira (19), sobre os resultados apresentados.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.