Matérias

Paraná tem dificuldade para reduzir mortes no trânsito mesmo durante pandemia

Escrito por Portal ONSV

17 AGO 2021 - 08H30

Ruas vazias aumentaram a letalidade dos sinistros de trânsito

Entre 2019 e 2020, o número de sinistros de trânsito caiu no Paraná, mas o número de mortes se manteve no mesmo nível, de acordo com estatísticas do SUS (Sistema Único de Saúde) e do Renaest (Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito). O professor da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e coordenador da Cooperação Técnica da universidade com o OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, foi um dos entrevistados pelo portal Rondon para explicar esses dados.

Segundo o levantamento, houve uma queda de 34% no total de sinistros e de 37% no total de feridos, enquanto a diminuição de mortes foi de 2,7%. Assim como no restante do Brasil, a taxa de mortalidade no trânsito paranaense está acima de 10 óbitos a cada 100 mil habitantes, o que é considerado crítico pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

O comportamento dos condutores no país é um dos principais fatores para que, segundo o Datasus, cerca de 30 mil pessoas percam a vida anualmente em sinistros de trânsito no Brasil, mais de 2 mil delas no Paraná.

Segundo Tiago Bastos, “É possível que tenhamos atingido um pico. Nestes outros países, como Estados Unidos e Inglaterra, estes índices começaram a melhorar depois deste pico. Já temos alguns avanços em segurança viária, por exemplo, mas ainda temos um problema com a fiscalização”, afirmou.

Em Curitiba, por exemplo, a mortalidade no trânsito cresceu 7% de 2019 para 2020. Na comparação com 2011, no entanto, a queda é de 41%.

Leia a matéria completa: https://portalrondon.com.br/2021/08/pandemia-reduz-acidentes-mas-nao-freia-letalidade-no-transito-do-parana-sao-mais-de-2-mil-mortes-por-ano/

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.