Matérias

Pela redução de sinistros de trânsito, tecnologia poderá substituir motoristas no futuro?

Em busca de redução de ocorrências, a ciência ajuda a melhorar a forma de dirigir do motorista e atua em sistemas de condução

Escrito por Portal ONSV

03 MAI 2024 - 10H59 (Atualizada em 03 MAI 2024 - 11H39)

O caderno Mobilidade Estadão da última quinta-feira (02), consultou o head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, para falar sobre iniciativas tecnológicas que visem a redução de sinistros de trânsito no Brasil. Uma delas, o primeiro micro-ônibus autônomo da América Latina, Volare Attack 8.

Desde o ano passado, um micro-ônibus sem motorista circula pelo pátio da siderúrgica ArcelorMittal Tubarão, no Espírito Santo. Trata-se de um protótipo autônomo da Volare, ainda em fase experimental, mas um ponto de partida para um futuro mais seguro. No presente, a tecnologia tem auxiliado motoristas a dirigir com mais segurança, respeitando normas de trânsito, em busca de redução de acidentes. Numa segunda etapa, a máquina pode assumir a direção.

O primeiro micro-ônibus autônomo da América Latina foi desenvolvido em parceria com a Lume Robotics, startup brasileira de mobilidade autônoma, com um modelo Volare Attack 8 para funcionar de forma completamente autônoma. De acordo com a Volare, o modelo foi programado para operar na faixa ideal de eficiência, o que possibilita redução no consumo de combustível e na emissão de poluentes, e eleva a segurança.

Isso significa que, ao contrário do que ocorre atualmente nas ruas e estradas, o protótipo não excede velocidade e está programado para respeitar sinalização de trânsito.

Iniciativas como essa têm a finalidade de, a longo prazo, reduzir sinistros de trânsito. Para chamar atenção sobre o tema, o OBSERVATÓRIO, criado em 2011, está realizando a 11ª edição do Movimento Maio Amarelo, em busca de internacionalização.

Para isso, o 4º Seminário de Mobilidade Humana, Segura e Sustentável – evento que abre a campanha internacional deste ano – será realizado nos dias 6 e 7 de maio em Foz do Iguaçu, no Paraná, na região da tríplice fronteira, divisa entre Brasil, Argentina e Paraguai.

De acordo com Pedro Borges, head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO, “a ideia é expandir o Maio Amarelo para os nossos vizinhos”. Ele diz que o relatório da Organização Mundial da Saúde divulgado em 2023, referente a dados de 2021 (o último disponível) revelou que o Brasil registrou 16 óbitos em acidentes de trânsito por 100 mil habitantes.

Leia a matéria completa: https://mobilidade.estadao.com.br/maio-amarelo/no-presente-tecnologia-treina-motoristas-no-futuro-podera-substitui-los/

Foto: Divulgação Volare.

Serie_transitando_qual_a_sua_contribuicao_para_um_transito_seguro
Matérias

Série Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?

O telejornal Meio-Dia Paraná, da RPC, afiliada à TV Globo, realizou na última semana uma série com cinco reportagens sobre comportamento no trânsito. “Transitando: qual a sua contribuição para um trânsito seguro?”, contou com a participação do professor do Departamento de Transportes da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e membro do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Jorge Tiago Bastos, explicando questões relacionadas ao comportamento das pessoas e influências diretas no trânsito.

Observatorio_participa_segunda_edicao_esg_energia_negocios_ibp
Matérias

OBSERVATÓRIO participa da 2ª Edição do ESG Energia e Negócios do IBP

Com o objetivo de colaborar para que a sociedade avance em direção a um futuro energético de baixo carbono, o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás) realiza a 2ª edição do “ESG Energia e Negócios” nos dias 27 e 28 de maio, em Copacabana, no Rio de Janeiro. O presidente do Conselho Deliberativo do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, José Aurelio Ramalho, participou da abertura do evento, falando dos atuais números do trânsito no Brasil, dos avanços do Movimento Maio Amarelo e do Programa Laço Amarelo. Além disso, Ramalho também entregou a placa de Mantenedor Social ao IBP durante o encontro que reúne cerca de 500 pessoas.

Observadora_Certificada_ministra_palestra_durante_seminario_programa_vida_no_transito
Observadores Certificados

Observadora Certifica ministra palestra durante Seminário do Programa Vida no Trânsito

A Observadora Certificada e representante do Maio Amarelo em Goiás, Elizabeth Gandara, ministrou uma palestra sobre o Movimento Maio Amarelo no dia 15 de maio, durante o Seminário do Programa Vida no Trânsito, realizado no auditório do Paço Municipal do município de Senador Canedo, no estado de Goiás.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.