Matérias

Projeto “Trauma Brasil” é apresentado em João Pessoa/PB

Escrito por Portal ONSV

29 JUN 2021 - 09H40

Gustavo Fraga representa OBSERVATÓRIO em encontro com o Ministro Marcelo Queiroga

No último sábado (26/06/2021), o governador da Paraíba, João Azevêdo, recebeu no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Millton Steinman, professor e cirurgião do Hospital Israelista Albert Einstein de São Paulo e coordenador do Grupo de Trabalho sobre Sistema e Centros de Trauma da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado); Gustavo Fraga, professor e cirurgião da Unicamp, representante do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária e da Abramede (Associação Brasileira de Medicina de Emergência), entre outros profissionais para  apresentar o projeto “Trauma Brasil 2021-2030”, que faz parte do PNATRANS (Plano Nacional de Mortes e Lesões no Trânsito) que visa à reestruturação da política de saúde pública para a rede de urgência e emergência no país.

A proposta é levar para a Paraíba, o projeto piloto do “Trauma Brasil” com o objetivo de implantar novo modelo, com o desenvolvimento de um sistema organizado de atendimento ao trauma a partir de um esforço coordenado e integrado com o sistema de saúde público local para prover todos os cuidados necessários voltados para os pacientes traumatizados.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que as propostas apresentadas serão analisadas e destacou a importância dos estudos na busca de novas informações e soluções. “Nós vamos fazer a análise técnica do projeto do Trauma Brasil e trabalhar em conjunto para instituir uma política de enfrentamento que traga resultados melhores para esse problema de saúde pública”, comentou.

O Projeto Trauma Brasil 2021 a 2030, foi inspirado a partir de experiências já implementadas em outros países, como Israel, Austrália, Estados Unidos e Canadá, onde foi constatada a redução de cerca de 80% das mortes evitáveis por traumas. O projeto é parte integrante do PNATRANS e tem apoio do Ministério da Infraestrutura, Ministério da Saúde, OBSERVATÓRIO, SBAIT e Abramede.

A proposta também sugere a criação de uma Secretaria de Atenção ao Trauma, que segundo o ministro Queiroga precisa ser adaptada na estrutura já existente do Ministério da Saúde e de um Comitê Nacional de Trauma. Outra solicitação do ministro foi a revisão das portarias da Rede de Urgência e Emergência, para incluir as questões do Trauma e também a criação de comitês regionais; definição de número de Centros de Traumas por região e de protocolos de transferências pré-hospitalar e intra-hospitalar. Ele também sugeriu a instituição de selos de qualidade nos Centros de Trauma e para cirurgiões com residência em Cirurgia do Trauma ou integrados com os programas de Medicina de Emergência. As ações têm o objetivo de reduzir mortes evitáveis e promover o controle de custos e de qualidade no atendimento.

Para Gustavo Fraga, foi uma excelente oportunidade de apresentar ao ministro a busca na excelência por uma rede de atendimento aos traumatizados. “Levamos também ao ministro a importância do trabalho feito no programa “Rodovias Que Perdoam – Brasil” de toda rede no atendimento as vítimas. O ministro gostou também de ver que a Paraíba está disposta a realizar esse piloto, que já tem 2 hospitais dedicados no atendimento ao traumatizado. Ele antecipou que é difícil criar uma secretaria dedicada exclusivamente ao trauma, mas pode incluir essa área dentro de outra secretaria”, afirma Fraga.

Além do ministro e sua equipe, o secretário de Estado da Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, também recebeu todo material dos estudos já realizados na área. O ministro prometeu levar tudo para ser estudado pelas equipes técnicas do Ministério da Saúde.

[vc_gallery interval="3" images="27599,27600,27601,27602,27603" img_size="full"]

Brasil_registra_uma_multa_a_cada_12_segundos_pelo_nao_uso_do_cinto_de_seguranca
Observadores Certificados

Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança

O jornal Band Cidade, da TV Bandeirantes Bahia, destacou no último sábado (06), que o Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança. Apesar do item ser obrigatório muitos condutores e passageiros ainda não o utilizam. Os Observadores Certificados Guilherme Nogueira e Urislan Carvalho falaram sobre a eficácia do cinto de segurança, que reduz em até 50% o risco de morte em caso de uma ocorrência de trânsito.

Faixa_Azul_projeto_de_lei_pretende_implementar_sinalizacao_de_seguranca_em_sao_jose_dos_campos
Matérias

Faixa Azul: Projeto de Lei pretende implantar sinalização de segurança para motociclistas em São José dos Campos/SP

A TV Câmara de São José dos Campos, destacou na última quinta-feira (04), a aprovação de um Projeto de Lei que visa implementar a Faixa Azul para motociclistas na cidade, localizada no interior de São Paulo. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, falou à reportagem sobre a importância dessa iniciativa.

Observadora_Certificada_fala_sobre_educacao_para_o_transito
Observadores Certificados

Observadora Certificada fala sobre Educação para o trânsito e dá dicas de como implementar em sala de aula, na TV Poços/MG

A Pedagoga, Educadora de Trânsito e Observadora Certificada, Stefania Alvise, foi a convidada do programa Conexão, da TV Poços – emissora local da cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais -, na última quinta-feira (27), para falar sobre a importância da Educação para o trânsito nas escolas e como implementar a didática em sala de aula.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.