Matérias

Remédios/direção pode também ser combinação perigosa

Escrito por Portal ONSV

08 SET 2016 - 09H45

Medicamentos que causam sonolência, por exemplo, podem interferir nos reflexos do motorista

Embora haja quem ainda não respeite a determinação, todos sabem que a combinação álcool/direção é um risco e que não se deve nunca conduzir qualquer veículo após ter ingerido bebida alcoólica. Do mesmo modo, além de proibidas e de causarem danos à saúde, as drogas como cocaína e maconha  igualmente se traduzem em perigosa combinação quando somada à condução  de um veículo.

Só que, além delas, alguns medicamentos também podem interferir nas condições de um condutor de veículos. O motorista que toma ansiolíticos, remédios que combatem alergia e inibidores de apetite, por exemplo, deve evitar a combinação entre o medicamento e a direção de um veículo.

Isso porque algumas substâncias têm influência direta nas funções cerebrais e podem causar sonolência e até mesmo a redução dos reflexos. E como se sabe, o ato de dirigir requer atenção total do condutor, uma vez que é preciso analisar a ação e reação correta antes de qualquer manobra; estar atento ao tempo e à distância entre outro veículo; estar enfim com todos os seus sentidos em perfeita harmonia.

Para fazer parte dos que atuam para um trânsito mais seguro e estão atentos à preservação de suas próprias vidas e das vidas de outros motoristas e pedestres que compartialham as vias é necessário estar atento e evitar pegar o volante em condições que podem corresponder a alguma situação de risco, ainda que eventual. Para um trânsito mais seguro, se beber, não dirija, se usar qualquer substância ilícita não dirija e se tomar qualquer medicamento que possa influenciar seus reflexos, prefira não pegar o volante também.

Iluminacao_publica_contribui_para_o_transito_seguro
Matérias

Iluminação pública contribui para o trânsito seguro

Com o intuito de orientar os prefeitos e gestores públicos quanto à perenidade das ações do Minas Led*, assim como as melhores práticas no que diz respeito à iluminação pública, a Cemig - Companhia Energética de Minas Gerais, lançou a Revista Minas Led. Em sua primeira edição, traz a entrevista do CEO do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Paulo Guimarães, que fala sobre a contribuição da iluminação pública para o trânsito seguro e mobilidade urbana.

Grande_Sao_Paulo_registra_aumento_de_mortes
Observadores Certificados

Grande São Paulo registra aumento de 32% no número de mortes no trânsito

O Observador Certificado Marco Antonio Ghiraldello falou ontem (17), pela Radioagência Nacional, da EBC – Empresa Brasil Comunicação, veículo público de comunicação, sobre os principais motivos que levaram o trânsito da Grande São Paulo a registrar aumento no número de óbitos nos primeiros cinco meses de 2024, comparado ao mesmo período de 2023.

Jornal_Manha_Bandeirantes_destaca_aumento_de_sinistro_de_transito_na_grande_sao_paulo
Observadores Certificados

Jornal Manhã Bandeirantes destaca aumento de sinistros de trânsito na Grande São Paulo

O jornal Manhã Bandeirantes de ontem (16), consultou o Observador Certificado e coordenador do Núcleo de Esforço Legal do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Kenedy Santos Pereira, para falar sobre os principais motivos para os cinco primeiros meses de 2024 serem os mais letais dos últimos seis anos no trânsito da Grande São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Matérias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.