Observadores Certificados

Cidade de São Paulo registra 65 multas por dia pelo não uso da seta

Escrito por Portal ONSV

05 FEV 2024 - 16H49

A falta de atenção e o não uso da seta foi tema da reportagem do Balanço Geral Manhã, da Record TV, da última sexta-feira (02), que além de alertar sobre os perigos, destacou que além da multa de R$ 195,23, são descontados cinco pontos da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A reportagem entrevistou a consultora em gestão de frotas e projetos de mobilidade urbana e Observadora Certificada, Mércia Gomes, que chamou a atenção para a possibilidade desse número de infração ser ainda maior.

Os dados apresentados pela reportagem são da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e consideram as infrações flagradas e anotadas pelos agentes de trânsito manualmente. Entre janeiro e outubro de 2023, a CET aplicou 19.650 infrações relacionadas ao sinal luminoso para trocar de faixa, mudança de direção ou parar numa vaga de estacionamento. Isso equivale a 1.960 infrações por mês ou 65 por dia na capital paulista.

Apesar do número elevado de multas, houve uma queda considerável ao compararmos com os anos anteriores. Em 2022, foram 27.016 casos (2.251 por mês); em 2021, ocorreram 52.515 autuações desse tipo (4.376 por mês); em 2020, as multas por falta de seta totalizaram 76,1 mil (média de 6.348 por dia); e, em 2019, foram aplicadas 75,3 mil infrações (6.278 por mês).

“Se nós tivéssemos um sistema eletrônico que buscasse esse elemento da ausência da seta de sinalização com o braço, que é um gesto determinado pelo CTB [Código de Trânsito Brasileiro], esse número com certeza seria maior”, explicou a Observadora Certificada.

Esses números incluem quatro tipos de infração: deixar de indicar com antecedência, mediante gesto de braço/luz indicadora, início da marcha; deixar de indicar com antecedência, mediante gesto de braço/luz indicadora, manobra de parar; deixar de indicar com antecedência, mediante gesto de braço/luz indicadora, mudança direção; e deixar de indicar com antecedência, mediante gesto de braço/luz indicadora, mudança de faixa.

“Os nossos condutores, eles não têm essa consciência, educação e o respeito e não têm o conhecimento da importância de utilizar a sinalização para transpor de uma faixa para outra”, enfatizou Mércia Gomes.

Vale lembrar que o artigo 196 do CTB indica que deixar de dar seta ou indicar com o braço a mudança de direção, com antecedência, configura infração grave e prevê multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira. A competência para aplicar essa infração é dos órgãos estaduais e municipais.

Assista à reportagem completa: https://recordtv.r7.com/balanco-geral-manha/videos/perigo-balanco-geral-manha-flagra-motoristas-mudando-de-faixa-sem-sinalizacao-02022024

Brasil_registra_uma_multa_a_cada_12_segundos_pelo_nao_uso_do_cinto_de_seguranca
Observadores Certificados

Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança

O jornal Band Cidade, da TV Bandeirantes Bahia, destacou no último sábado (06), que o Brasil registra uma multa a cada 12 segundos pelo não uso do cinto de segurança. Apesar do item ser obrigatório muitos condutores e passageiros ainda não o utilizam. Os Observadores Certificados Guilherme Nogueira e Urislan Carvalho falaram sobre a eficácia do cinto de segurança, que reduz em até 50% o risco de morte em caso de uma ocorrência de trânsito.

Faixa_Azul_projeto_de_lei_pretende_implementar_sinalizacao_de_seguranca_em_sao_jose_dos_campos
Matérias

Faixa Azul: Projeto de Lei pretende implantar sinalização de segurança para motociclistas em São José dos Campos/SP

A TV Câmara de São José dos Campos, destacou na última quinta-feira (04), a aprovação de um Projeto de Lei que visa implementar a Faixa Azul para motociclistas na cidade, localizada no interior de São Paulo. O head de Mobilidade Segura do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária, Pedro Borges, falou à reportagem sobre a importância dessa iniciativa.

Observadora_Certificada_fala_sobre_educacao_para_o_transito
Observadores Certificados

Observadora Certificada fala sobre Educação para o trânsito e dá dicas de como implementar em sala de aula, na TV Poços/MG

A Pedagoga, Educadora de Trânsito e Observadora Certificada, Stefania Alvise, foi a convidada do programa Conexão, da TV Poços – emissora local da cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais -, na última quinta-feira (27), para falar sobre a importância da Educação para o trânsito nas escolas e como implementar a didática em sala de aula.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Portal ONSV, em Observadores Certificados

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.