Loader
ENCONTRO REGIONAL DE EDUCADORES PROMOVIDO PELA SENATRAN CONTA COM PARTICIPAÇÃO DO OBSERVATÓRIO
30275
post-template-default,single,single-post,postid-30275,single-format-standard,bridge-core-2.3.6,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-22.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-28047

ENCONTRO REGIONAL DE EDUCADORES PROMOVIDO PELA SENATRAN CONTA COM PARTICIPAÇÃO DO OBSERVATÓRIO

ENCONTRO REGIONAL DE EDUCADORES PROMOVIDO PELA SENATRAN CONTA COM PARTICIPAÇÃO DO OBSERVATÓRIO

Programa Educa foi apresentado aos educadores da região Nordeste do País, no painel programas educativos apoiados pela Senatran

No início de agosto foi realizado em Salvador, na Bahia, o Encontro Regional de Educadores do Sistema Nacional de Trânsito – Etapa Nordeste, uma iniciativa da Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), organizada pelo Conselho Estadual de Trânsito da Bahia, e contou com a participação do secretário nacional de trânsito, Frederico Carneiro, do coordenador de Educação e Saúde no Trânsito da Senatran, Everaldo Alves, e representantes do OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária.

O encontro teve como objetivo reunir educadores da região Nordeste do País para conhecer, debater e participar de painéis e oficinas técnicas com temas relevantes à preservação da vida no trânsito, por meio da Educação.

No dia 04/08, no painel de programas educativos apoiados pela Senatran, o Programa Educa foi apresentado pela Observadora Certificada, chefe de Educação para o Trânsito do Detran de Alagoas e coordenadora nacional de suporte pedagógico do Educa, Edira Soares.

Na exposição, foi detalhada a metodologia que contempla o trânsito com tema transversal e está alinhada com as iniciativas do pilar 04 do Pnatrans (Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito) e com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), instituída pelo Ministério da Educação, os municípios contemplados com o Programa Educa em todo o País e as boas práticas de execução, tais como o Educa em sala de aula, a ação simultânea “Dia D Maio Amarelo das escolas Educa”, e a premiação de alunos do ensino fundamental no prêmio Senatran em 2021.

O diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, Paulo Guimarães, participou do evento de forma virtual, parabenizando o secretário nacional de trânsito, Frederico Carneiro pelo Encontro Regional e pelo Pnatrans e a presidente do Cetran da Bahia e Observadora Certificada, Mag Gramacho, pelo trabalho que vem realizando.

Paulo Guimarães também ressaltou o trabalho realizado pela equipe de coordenação nacional pedagógica do Educa que de forma voluntária tem desenvolvido a gestão e acompanhamento da implantação do programa, além de convidar a todos os municípios do Nordeste para fazerem parte da rede nacional Educa de Educação para o Trânsito.

O Programa Educa

O Educa está atualmente em 24 municípios de 08 estados, sendo 04 do Nordeste: Alagoas, Bahia, Paraíba e Pernambuco. Alcança 117 escolas, 37.440 alunos e aproximadamente 1.500 educadores. O OBSERVATÓRIO participa junto à Senatran de todas as etapas do Educa no País.

Para a coordenadora nacional pedagógica do Educa, Edira Soares, foi gratificante poder apresentar a metodologia do programa, com o objetivo de ampliar ainda mais o seu alcance na região Nordeste e pela oportunidade de interação com os educadores e Observadores Certificados locais, dos municípios que atualmente estão no Educa e que estavam presentes no evento.

“Constatei que após a exposição houve bastante interesse de outros estados pelo Educa. Foi uma importante troca de experiências e contatos com o propósito de que mais crianças e adolescentes possam fazer parte da rede nacional de aprendizado que salva vidas no trânsito”, destacou Edira.

“O Programa Educa foi um dos quatro programas educativos apresentados pela Senatran no encontro em que os participantes puderam visualizar as possibilidades da metodologia Educa como ferramenta pedagógica para aplicar o tema trânsito em sala de aula. Facilitando a sua implantação no plano pedagógico e auxiliando na formação de valores junto aos alunos do ensino fundamental do 1º ao 9º ano”, como destacou Adelmo Amorim, coordenador nacional adjunto do Educa.

Post A Comment